A gestão do fundo Kilima FIC de FII SUNO30 (KISU11) detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado quinta-feira (8), a performance do fundo no mês de junho. A gestora Kilima Gestão de Recursos além de publicar os resultados do fundo, também descreveu o cenário positivo para novas aquisições. 

O resultado a ser distribuído referente ao mês de junho é de R$0,70 por cota. Isso corresponde a um dividend yield de 0,63%, patamar superior aos últimos dois meses (0,54% em abril e 0,53% em maio). Observe na tabela abaixo os resultados com maiores detalhes:

KISU11

Movimentação dos investimentos do fundo

A gestão relembrou aos cotistas que no mês de maio, a emissão de cotas do fundo foi considerada um sucesso, com a captação de R$360 milhões. Foram, ao todo, 11.523 subscritores, além de 124 participantes como fundos de investimento ou de previdência. 

No entanto, a Kilima Gestão reforçou que, mesmo com as incertezas em relação ao aumento dos juros e da reforma tributária, a perspectiva do fundo é positiva. Um exemplo claro desta situação foi as novas alocações que o KISU11 fez recentemente. Enquanto muitos players seguiam desesperados realizando posições, o fundo comprou novas cotas com preços mais baixos. 

Também, a gestão explicou que o sucesso do fundo está ligado diretamente no desempenho superior do índice Suno 30 em comparação ao IFIX. De acordo com a gestora, “diante de um cenário atípico do mercado, a gestão do Fundo se manteve ativa para gerar mais valor do que somente os dividendos recebidos de outros fundos, entregando um dividendo absoluto relevante para nossos cotistas”.

No gráfico abaixo, é possível analisar a performance superior do índice Suno 30 em relação ao IFIX: 

KISU11

Desta forma, após a emissão de cotas, o KISU11 aproveitou os preços atrativos de FIIs e atuou ativamente em novas aquisições, “investindo cerca de 77% dos FIIs que compõem o índice de referência”. A previsão da gestão é fechar o mês de julho com 96% do fundo em alocações. 

A Kilima Gestão considera este o momento ideal para novas aquisições. Na visão da equipe gestora, “a projeção de recuperação econômica mais robusta, aliada à atuação do Banco Central nos juros de curto prazo, serão catalisadores de uma queda do juro de médio prazo que afetará positivamente a classe de ativos de fundos imobiliários. 

Conheça o KISU11

O KISU11 é um FII (fundo de fundos) que tem por objetivo seguir a carteira teórica do índice de referência SUNO 30 FII. Fundado em outubro de 2020, sua primeira negociação na bolsa foi em janeiro (15) deste ano.

Na verdade, o Kilima FIC de FII possui patrimônio líquido de R$92,14 milhões e tem aproximadamente 24.817 cotistas. 

Para quem deseja investir no KISU11, o valor patrimonial por cota é de R$94,66, sendo sua taxa de administração de 0,65% ao ano.