A‌ VBI Estate Gestão de Carteiras,‌ ‌gestora‌ ‌do‌‌ FII VBI LOG (LVBI11),‌ ‌comunicou‌ ‌nesta‌ quinta-feira ‌(17)‌ os resultados do mês de maio. Também, a gestora deu detalhes sobre a compra de novo ativo para o fundo.

O fundo comunicou a distribuição de rendimentos equivalente a R$ 0,56/cota, que foi pago no dia 08/06. Esta distribuição, de acordo com a gestora, “representa um dividend yield de 6,1% sobre o PL do fundo ao final de abril (R$ 110,31) ou, ainda, 6,4% sobre o preço de fechamento das cotas no mercado secundário (R$ 105,45) em 31/05”. 

Confira na tabela abaixo os resultados do fundo:

LVBI11

Além disso, VBI Estate afirmou que o LVBI11 reteve no último mês aproximadamente “R$ 0,09 por cota de resultado distribuível, em função de receitas imobiliárias não recorrentes recebidas no mês”, equivalente a R$ 0,11 por cota do resultado distribuível. 

Durante o mês de maio, finalizou o contrato de locação temporário de 1 módulo do Ativo Itapevi. Certamente, essa devolução terá impacto no resultado-caixa recebido ao longo do mês de junho tendo o mês de maio como competência. “Com essa movimentação, a taxa de vacância física do Fundo ao final do mês de maio era de 1,5%”, disse a gestora. 

Já em relação ao ativo Araucária, o LVBI11 completou 90% da execução da primeira etapa das obras de expansão, adequação e melhorias do empreendimento. Tudo isso estava previsto no contrato de locação com a locatária, a Magazine Luiza. 

Aquisição de ativo para o fundo

No dia 1º deste mês o fundo concluiu a aquisição de 70% do Ativo Aratu. O ativo está localizado na região metropolitana de Salvador-BA, uma das principais capitais do Brasil. A gestão informou que o empreendimento é um condomínio logístico composto por dois galpões desenvolvidos com as mais elevadas especificações técnicas construtivas. 

O imóvel está 55% locado para as empresas Atakarejo, Solística e Infracommerce através de contratos típicos de locação e, o G02 (em construção), que contará com 63.976 m² de ABL e que possui entrega prevista para jun/22, já está 91% pré-locado para a empresa B2W através de um contrato de locação atípico de 10 anos, informou o fundo. Na verdade, o ativo está 78% locado.

O valor total da operação é de R$ 196,6 milhões, de forma que o LVBI11 passou a ser titular de ações que representam 70% da companhia Aratulog. 

A gestora informou que o pagamento será realizado em parcelas, conforme descrito abaixo: 

  • R$ 72,2 milhões foram pagos à vista 
  • R$ 13,7 milhões que serão desembolsados em até 30 dias da data da assinatura de contrato; 
  • R$ 93,9 milhões que serão desembolsados conforme a evolução e andamento de obra de reforma. 
  • O valor remanescente, equivalente a R$ 16,8 milhões, representa a participação do Fundo (70%) em dívida detida pela companhia Araulog no valor total de principal de R$ 24 milhões. 

A expectativa é um retorno médio sobre o capital investido do equivalente a 8,8% a.a. e um acréscimo médio mensal na receita imobiliária do fundo de R$ 0,07 por cota para os próximos 12 meses. 

Abaixo, segue uma tabela com a descrição do portfólio do fundo:

LVBI11

Conheça o LVBI11

O FII VBI LOG tem como objetivo a obtenção de renda e ganho de capital por meio de, no mínimo, dois terços do seu patrimônio líquido investido em imóveis ou direitos reais sobre imóveis do segmento logístico ou industrial, bem como indiretamente, através de ações ou cotas de sociedades de propósito específico, cotas de FIIs.

O fundo possui patrimônio líquido de R$ 1,2 bilhão e tem aproximadamente 35.409 cotistas. 

Para quem deseja investir no LVBI11, o valor patrimonial de sua cota é de R$110,31, sendo que sua taxa de administração está entre 0,10 e 0,20%a.a sobre patrimônio líquido (mínimo de R$ 25.000,00 mensais corrigido pelo IGPM).