A‌ ‌‌Suno‌ ‌Asset‌,‌ ‌gestora‌ ‌do‌ ‌‌Suno‌ ‌Fundo‌ ‌de‌ ‌Fundos‌ ‌(SNFF11)‌,‌ ‌informou‌ ‌nesta‌ ‌última‌ ‌terça-feira‌ ‌(16)‌ ‌os‌ ‌resultados‌ ‌referentes‌ ‌ao‌ ‌mês‌ ‌de‌ outubro.‌ ‌Da mesma forma,‌ ‌a‌ ‌gestão‌ ‌explicou‌ o aumento de posição em fundos de CRI e a operação de short em RECR11, que gerou ganhos de capital. 

O fundo distribuirá de resultados o equivalente a R$0,62 por cota. A gestão explicou que o valor continua acima do estudo de viabilidade, que estimava para o mês de outubro o valor de R$0,45 por cota. Veja abaixo: 

SNFF11

Na verdade, houve maiores despesas não recorrentes no mês, em virtude da operação de arbitragem com o fundo RECR11.

Além disso, todo o lucro da operação será contabilizado no mês seguinte. Ou seja, o valor será distribuído apenas no mês de dezembro, mas a despesa foi realizada em novembro. 

Porém, a gestão espera que a renda do fundo aumente com sua maior exposição em RECR11 e SNCI11, ambos com grande expectativa de pagamentos de dividendos.

Movimentação de carteira 

Conforme dito anteriormente, o SNFF11 realizou ganho de capital com RECR11, fazendo uma operação de arbitragem. 

A gestão explicou que fez uma venda a descoberto (short) das cotas do RECR11, recomprando as cotas do fundo com preço mais baixo que a venda. A operação de short foi bem sucedida, pois o SNFF11 vendeu “caro” e comprou “barato”, com ágio positivo. 

Além disso, o fundo reduziu sua posição em HCTR11, URPR11 e MCHF11. O objetivo da venda das cotas desses ativos foi aumentar o caixa para otimizar a operação de venda a descoberto citada acima. 

Confira como ficou a carteira do fundo após a movimentação deste mês: 

SNFF11

Conheça o SNFF11 

O Suno Fundo de Fundos tem como objetivo investir em cotas de outros fundos de investimento imobiliário e, complementarmente, em ativos ligados ao setor, podendo ser  em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs); letras hipotecárias (LH), letras de crédito imobiliário (LCI) e outros ativos de renda fixa. 

Basicamente, o SNFF11 tem como meta a alocação de 70% a 80% de seus recursos em ativos geradores de renda, com foco no recebimento de dividendos. Como complemento, o restante "é denominado como ganho de capital, sendo a rentabilidade do valor da cota o seu principal fator de desempenho".

O patrimônio líquido do fundo é de R$225 milhões, além de possuir cerca de 30.509 cotistas. 

Para quem deseja investir no SNFF11, o valor patrimonial por cota é de R$90,36, sendo sua taxa de administração de 0,78%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).