O Fundo Imobiliário Tellus Properties (TEPP11) administrado pela BRL Trust DTVM, informou ao mercado e aos cotistas através de fato relevante nesta quinta-feira (18), a celebração da aquisição de duas unidades do Condomínio Edifício São Luiz, localizado na cidade de São Paulo-SP.

A primeira dessas aquisições corresponde à unidade do conjunto 62, localizado no 6º andar do bloco 2 do condomínio, incluindo as vagas de garagem de número 156 a 173. A segunda aquisição se trata do conjunto 72, que fica no 7º andar do bloco 2 do condomínio São Luiz. Este também engloba as vagas de garagem de números 174 a 191.

As unidades adquiridas pelo TEPP11 totalizam uma aquisição de 1879,39 m2 de área locável, corresponde a 939,69 m2 distribuídos em cada uma delas. No momento as duas unidades adquiridas encontram-se ocupadas por inquilinos.

Em fato relevante, o Fundo Imobiliário Tellus Properties informou que desembolsou R$ 26,5 milhões na compra das duas lajes. O valor correspondente ao conjunto 62 foi de R$ 13 milhões, dos quais cerca de R$ 4,33 milhões já foram pagos na data do anúncio. O conjunto 72 custou à TEPP11 R$13,5 milhões e a fatia paga desse montante na presente data foi de R$ 4,5 milhões.

Em ambas as aquisições, o valor remanescente será pago pelo Tellus Properties em 30 dias após a assinatura do contrato de aquisição. Vale ressaltar que o Condomínio Edifício São Luiz já fazia parte da carteira do fundo antes mesmo desta aquisição, conforme divulgado em fato relevante no dia 13 de novembro de 2020. TEPP11 acumula queda em 2021

O TEPP11 é um fundo imobiliário de tijolo, que tem como foco de investimento os imóveis físicos comerciais voltados ao segmento de escritório. O FII Tellus Properties se iniciou em setembro de 2019 e suas cotas começaram custando R$ 100,00.

O valor de suas cotas no dia de hoje (19) está em R$ 87,69. Essa cotação veio após um desempenho de preço que beirou a estabilidade até as 16h20, com variação de +0,06% no intraday. O número de cotistas alcançou a marca dos 7111.

Desde seu início, o TEPP11 acumula uma baixa de 12,31% no preço de suas cotas. No mês de fevereiro, o desempenho do fundo acumula queda de aproximadamente 3,01%. Em 2021, houve até o momento uma desvalorização no preço de suas cotas em cerca de 4,46%.

A liquidez do fundo ultrapassa os R$ 582 milhões negociados diariamente e são mais de 4,2 milhões de cotas emitidas. O Dividend Yield do TEPP11 no mês de fevereiro é de 0,55% e o seu patrimônio líquido é de aproximadamente R$ 401 milhões até a presente data.