Aplicações de renda fixa – Conheça as 4 mais populares do Brasil

As aplicações de renda fixa são investimentos que possuem rentabilidades previsíveis.

Por isso, saber escolher em quais aplicações de renda fixa investir é muito importante, pois, cada tipo oferece um prêmio podendo assim, ter rendimentos bem diferentes entre si.

As aplicações de renda fixa são uma modalidade de investimento voltada para investidores com perfil conservador, que querem obter rendimentos sem deixar de lado a segurança. Resumidamente, investir em renda fixa significa saber quanto receberá de lucro no final do prazo da sua aplicação, apesar dos investimentos serem classificados em pré e pós fixados.

Principais tipos de aplicações em renda fixa

aplicações de renda fixa

E natural que o investidor se sinta mais seguro investindo em investimentos de renda fixa.

Isso devido o fato dessas aplicações terem um início, meio e fim. Assim, o investidor sabe qual será o seu prêmio no final e com isso, fica mais tranquilo.

Veja quais são os tipos de aplicações financeiras mais populares no mercado de investimentos:

LCI e LCA

LCI é um título criado para apoiar a criação de crédito imobiliário no país.

Já as LCAs atuam de modo muito parecido, ou seja, é um título de crédito para o setor do agronegócio no Brasil.

As LCIs e LCAs são opções muito interessantes para os investidores, uma vez que elas são isentas de Imposto de Renda.

CDB

O CDB é um título de renda fixa do tipo crédito privado, oferecidos por bancos.

Na prática, o investidor empresta dinheiro ao banco, que o remunera com um valor a mais como prêmio.

A remuneração é definida no ato da contratação do CDB, e pode variar de acordo com o valor total aplicado, o prazo do CDB, e a necessidade do banco emissor.

Os CDBs são parecidos aos títulos de LCI e LCA, mas não possuem isenção do imposto de renda.

É possível obter CDB em todos os bancos, com títulos prefixados e pós-fixados.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa desenvolvido pelo Tesouro Nacional Brasileiro.

Ele funciona para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet.

Essa aplicação é uma das formas de aplicações mais recorridas pelos investidores.

A compra e venda de títulos públicos oferecem diversas opções, seja atrelada à taxa Selic, as taxas prefixadas ou de acordo com a inflação, no caso, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Debêntures

As debêntures são aplicações de renda fixa em que o investidor faz um empréstimo para uma empresa.

É bem parecido com a dinâmica dos títulos públicos do Tesouro Direto, só que, em vez de emprestar dinheiro para o governo, você financia uma empresa privada.

Em troca, recebe juros sobre o valor que foi aplicado.

No geral, as debêntures são aplicações que oferecem rentabilidade e baixo risco.

Dessa forma, este produto é uma aposta de muitos investidores que buscam render seu dinheiro sem risco muito alto de perder o investimento.

Além disso, vale destacar que algumas debêntures também não cobram imposto de renda, então vale a pena pesquisar bem, antes de investir.

Considerações

Essas são algumas das aplicações de renda fixa que existem no mercado de investimentos. Acreditamos que a busca do conhecimento é sempre importante para qualquer indivíduo. Por isso, antes de tomar qualquer decisão, entenda seus objetivos e busque as melhores oportunidades.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários