Invista em conhecimento e se aposente com tranquilidade!

Investir na sua própria aposentadoria – ou investir para garantir um futuro mais tranquilo – pode ser, em um primeiro momento, bem complicado.

Mas não deveria ser!

Isso por que, na prática, montar uma carteira previdenciária de investimentos é, de fato, bastante simples.

A aposentadoria, na sua essência, significa que não mais a remuneração financeira proveniente do trabalho de uma pessoa deva ser a sua principal fonte de renda, afinal de contas, se essa pessoa, mesmo aposentada, precisa continuar trabalhando para suprir suas necessidades, isso não é uma aposentadoria, de fato.

“Se você não encontrar um jeito de ganhar dinheiro enquanto dorme, você vai trabalhar até morrer”, já disse Warren Buffett.

A parte lamentável é que – verdade seja dita – como a grande maioria de nós já sabe, a Previdência Social, no atual modelo, não tem condições de garantir a todos os cidadãos brasileiros os seus direitos de aposentadoria.

Negar essa realidade não irá mudar a nossa situação.

Dito isso, a aposentadoria, portanto, se dará quando o investimento das reservas financeiras salvas por uma pessoa durante boa parte da sua vida ganharem tração através da multiplicação dos juros compostos.

Ou seja, o intuito de um portfólio de investimentos previdenciário é, de fato, substituir a principal fonte de renda dessa pessoa, de modo que a mesma não dependa exclusivamente do seu emprego para poder se sustentar.

É aí que os fundos imobiliários podem entrar no contexto do assunto.

Não precisa ser um gênio das finanças para entender que a melhor maneira de se gerar renda – sem a necessidade de se trocar tempo por dinheiro – é através do investimento em ativos geradores de renda passiva.

No Fiis.com.br nós acreditamos que os fundos imobiliários são a melhor maneira de se investir de modo a desenvolver uma crescente geração de renda passiva.

Os custos operacionais de aplicar em Fiis estão diminuindo cada vez mais.

Assim sendo, comprar fundos imobiliários e os manter em carteira é praticamente uma atividade sem custos algum.

Investir mensalmente em fundos imobiliários, portanto, e reinvestir os dividendos, fará com que o patrimônio de uma pessoa cresça mês a mês, tudo isso sem “custos de manutenção de conta” nem a necessidade de se pagar taxas extras como de corretagem, por exemplo (a depender da corretora).

Qual outra categoria de investimentos proporciona isso?

A grande questão em relação aos fundos imobiliários, no entanto, é a volatilidade nos preços das cotas.

Embora sejam, historicamente, bem menores que a volatilidade das ações (cerca de 1/3, na média), ainda assim ela existe, assim como em qualquer outra classe de ativos de renda variável.

No entanto, esse fato pode ser usado positivamente pelos investidores, isso porque a volatilidade afeta os preços das cotas, e não necessariamente os seus dividendos.

E existe uma diferença muito significativa no preço das cotas e nos dividendos pagos por essas cotas.

O primeiro varia de acordo com o “humor” do mercado.

O segundo é baseado na capacidade de geração de caixa dos fundos imobiliários.

Se o preço das cotas cai 10%, 20%, ou 50%, por mero “desejo” do mercado, isso significa que o investidor poderá comprar o mesmo ativo a preços descontados.

Ou seja, com uma mesma quantidade de dinheiro, será possível comprar excelentes oportunidades de ativos geradores de renda numa quantidade maior, o que significa mais dividendos no mês seguinte.

Assim sendo, uma queda nos preços das cotas não significa necessariamente um impacto no principal motivo de se investir em fundos imobiliários: a sua capacidade de gerar renda passiva.

Adicionalmente, uma queda nos preços das cotas significa, também, que aplicar dinheiro no mercado proveniente de qualquer fonte (como reinvestimento dos dividendos, por exemplo) é investir a taxas mais atrativas de retorno.

Em outras palavras, menores preços significam maiores Dividend Yield (DY).

Dito isso, quando uma pessoa decide investir em renda passiva, tirar vantagem da volatilidade do preço das cotas pode ser uma atitude muito astuta a se tomar.

É por isso que acreditamos que investir em renda passiva faz total sentido para todos os que têm interesse em se aposentar com dignidade e tranquilidade no futuro.

No fiis.com.br você encontra todas as informações que precisa para acompanhar diariamente o mercado de fundos imobiliários.

Além disso, se você está começando e ainda não se sente seguro o suficiente para começar a aplicar, sugerimos que faça o curso online “Investindo em Fundos Imobiliários” , ministrado pelo Professor Marcos Baroni, uma das maiores autoridades em fundos imobiliários do Brasil.

Além disso, a leitura de livros também é essencial para esse fim.

Fundos imobiliários podem proporcionar uma aposentadoria muito atrativa, sem dúvida alguma, mas o investimento em conhecimento, com toda certeza, é o que gera o maior retorno para qualquer pessoa no longo prazo.

Conte conosco!

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários