IPO Fundos Imobiliários – Veja como acontece na prática

Basicamente, IPO (sigla em inglês para Initial Public Offering) em fundos imobiliários é a forma de iniciar um FII.

Em outras palavras, o IPO fundos imobiliários é o lançamento das cotas do FII no mercado de capitais.

Nesse caso, seu objetivo com a oferta inicial pública – nome dado em português para a sigla IPO -  é gerar renda através da captação de recursos no mercado, para investir em ativos voltados para o segmento imobiliário. O IPO em fundos imobiliários pode ser uma excelente maneira de investir neste setor.

Veja como funciona o processo de um IPO em fundos imobiliários

ipo fundos imobiliários

Para começar a investir em um fundo imobiliário, há duas maneiras:

As ofertas públicas de cotas de fundos imobiliários geralmente ocorrem quando o fundo é constituído em um condomínio fechado.

Basicamente, antes de iniciar suas atividades, o fundo apresenta sua estratégia de investimento ao mercado e também o preço da cota, juntamente com a rentabilidade esperada.

A ideia é atrair os investidores para serem cotistas do fundo.

No início, o funcionamento acontece da seguinte maneira: o fundo capta dinheiro dos investidores para comprar/construir os imóveis ou também os títulos que irão constituir sua carteira.

Os investidores interessados na oferta pública terão um prazo para decidir a quantia destinada ao fundo para reservar suas cotas.

Terminado esse período, o fundo fecha para a captação e após isso, a única forma de investir no fundo passa a ser por meio da compra de cotas no mercado secundário na bolsa de valores.

Entretanto, caso o fundo precise de mais recursos no futuro, ele pode fazer um follow-on, para uma nova captação.

Para ter uma melhor ideia, quando um FII faz sua primeira oferta pública de cotas, essa operação recebe o nome de IPO. Mas se ele já tem o capital aberto e já realizou IPO, as novas ofertas são denominadas subsequentes como (follow-on).

Cotas de fundos imobiliários

Sem as ofertas públicas, a outra possibilidade de investir em um fundo imobiliário é por meio da compra e venda de cotas.

Esse sistema trata-se de um mercado secundário, uma vez que não há mais ofertas públicas.

Para o investidor, o fato de estar na bolsa é muito bom por duas razões:

Nessa modalidade, os recursos do investidor que adquire as cotas vão para quem às vendeu, e não para o fundo.

Pois, como já foi dito, caso o fundo precise de mais recursos, ele precisará promover um follow-on para uma nova captação.

Qual a vantagem de participar de um IPO de fundos imobiliários

ipo fundos imobiliários

A principal vantagem é que, como é a primeira vez que o fundo é colocado no mercado, o investidor tem a possibilidade de participar desde o início do seu desempenho.

Além disso, se o investidor souber analisar e escolher o fundo, ele terá chances de obter grandes rendimentos.

Mas, para negociar cotas de FIIs na bolsa ou participar de um IPO, é necessário ter uma conta em uma corretora de valores.

É também importante destacar que as cotas dos fundos imobiliários podem ter variações, pois seus preços estão sujeitos às flutuações do mercado, o que significa que é possível lucrar com as valorizações ao longo do tempo.

Definitivamente, não perca mais tempo.

Você conheceu neste artigo como acontece um IPO de fundos imobiliários. Entretanto, não deixe de estudar e analisar essa classe de investimentos. Tenho certeza que os fundos imobiliários trará bons rendimentos para a sua carteira de investimentos.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários