O que é liquidez financeira nos investimentos

Você investidor, precisa saber o que é liquidez financeira nos investimentos.

Estou falando isso porque ela pode ser tão importante quanto os rendimentos, pois, esse indicador tem uma grande relevância. Portanto, aconselhamos que todo investidor saiba o que é liquidez financeira.

Mas então, o que é liquidez financeira? É simplesmente a velocidade ou a facilidade com que um ativo pode ser convertido em dinheiro. Sua quantificação resulta em um índice de liquidez. No entanto, a liquidez pode envolver duas dimensões: a facilidade de conversão e a perda de valor. Qualquer ativo pode ser convertido em caixa rapidamente, desde que seu valor seja reduzido.

Contudo, um ativo com boa liquidez tem a vantagem de ser convertido em dinheiro com rapidez, sem que haja uma perda de valor.

Como exemplo de investimento com liquidez, temos a poupança, a qual pode sacar a qualquer momento, embora os juros sejam pagos apenas uma vez por mês.

Já um imóvel é um produto de liquidez muito baixa. Isso porque pode demorar dias, meses ou até anos para vendê-lo pela quantia que realmente vale.

Agora, se o investidor deseja um investimento que possui uma boa liquidez e um bom rendimento, temos como exemplo os fundos imobiliários.

Apresar de ser um investimento de renda variável e negociado em bolsa, seu risco também não é muito relevante, pois, investimentos imobiliários no Brasil é bem seguro.

Tipos de liquidez nos investimentos

o que é liquidez financeira

Liquidez nada mais é do que a possibilidade de resgatar o valor investido e o seu lucro.

Diante disso, veja os tipos de liquidez que são utilizadas nos investimentos:

  • Liquidez diária ou D+1 - O dinheiro entrará na sua conta no próximo dia útil após solicitação de resgate
  • Liquidez imediata ou D+0 - O dinheiro entrará na sua conta no momento do resgate
  • Liquidez no vencimento - O dinheiro só retorna no fim do prazo de vencimento do investimento
  • D+30 - O dinheiro só retorna 30 dias após solicitação de resgate
  • Liquidez nula - O dinheiro não tem um prazo para entrar na sua conta

Sendo assim, o perfil e objetivo de cada investidor é que vai mostrar qual a melhor relação entre rendimento e liquidez na hora de escolher uma aplicação.

Como relacionar liquidez e rentabilidade

o que é liquidez financeira

Saber como relacionar os conceitos de liquidez e rentabilidade é essencial para evitar as armadilhas de mercado financeiro.

Essa análise deve ser guiada por três indicadores, formado pela:

  • Liquidez
  • Rentabilidade
  • Risco da aplicação

Dessa forma, o investidor deve avaliar cada pilar para considerar qual investimento se adapta de forma mais apropriada a cada um deles.

Normalmente, investidores iniciantes são atraídos pela alta rentabilidade de alguns investimentos e se esquecem de avaliar a liquidez e o risco.

Contudo, quando isso acontece, a chance de a aplicação não atender ao objetivo inicial é bem grande.

O contrário também acontece, pois, alguém que deixa o dinheiro na poupança valoriza alta liquidez e o baixo risco, mas não avalia o custo de oportunidade de ter um baixo retorno.

Conclusão

Por fim, antes do investidor planejar suas aplicações financeiras, é bom verificar e analisar a liquidez o rendimento e o risco. Esses indicadores são essenciais nos investimentos.

Neste artigo, atribuímos um pouco mais de ênfase na liquidez, por isso, não deixe de saber o que é liquidez financeira nos investimentos. Isso fará grande diferença na gestão de sua carteira de investimentos.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários