O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ segunda-feira‌ ‌(18)‌ ‌em alta de 0,13%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.747,55 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ outubro ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ 1,17%‌ ‌e‌ -4,26%,‌ ‌respectivamente.‌

Também, o ‌‌índice‌‌ ‌‌‌‌SUNO30‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌em‌‌ 0,15%‌ ‌‌e‌‌ ‌99,56 pontos.‌‌ ‌‌Veja‌‌ ‌‌na‌‌ ‌‌tabela‌‌ ‌‌‌abaixo:‌‌ ‌ 

fechamento fiis

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

ALZR11 mostra resultados e explica redução de dividendos

A gestão do Alianza Trust Renda Imobiliária FII (ALZR11), demonstrou em seu Relatório Gerencial divulgado na nesta segunda-feira (18), os resultados do fundo referente a setembro. Também, a gestora Alianza Gestão explicou a redução pontual nos dividendos do mês.

Referente ao resultado de setembro, o fundo distribuirá R$ 0,61 por cota. A gestão explicou as razões para a redução dos rendimentos em relação aos meses anteriores. Nos útimos dois meses, o fundo pagou respectivamente R$0,71 e R$0,68 por cota. Confira os resultados abaixo:

ALZR11

De acordo com a Alianza Gestão, houve aumento na quantidade das cotas do ALZR11 derivadas desta última emissão. Da mesma forma, houve aumento do valor em caixa no período, que contribui momentaneamente para a leve redução na rentabilidade do fundo.

Em terceiro lugar, houve maior despesa relacionada à convocação da Consulta Formal para Assembleia Geral Extraordinária que aprovou a 4ª Emissão de Cotas. Esses fatores somados contribuíram para um menor dividendo no mês. 

Aquisições e emissão de cotas

O ALZR11 se encontra em fase final do cumprimento das exigências para aquisição do Centro Logístico feito sob medida (Built-To-Suit) para a Coca-Cola FEMSA, em Santo André/SP. 

O imóvel possui ou supera as mais modernas especificações técnicas aplicáveis à galpões logísticos AAA do mesmo porte. Confira abaixo o perfil dos ativos do fundo: 

ALZR11

A gestora destacou que em abril, o fundo pagou o valor de R$ 14,0 milhões a título de entrada pela compra do ativo. O saldo restante de R$ 101 milhões será pago na conclusão definitiva da transação. 

Desta forma, os recursos da 4ª Emissão de Cotas serão aplicados no pagamento de parcela do preço de aquisição do Imóvel Decathlon, e potencial integralização de capital adicional no Alianza Digital Realty FII, entre outros ativos e reserva de caixa. 

O Alianza Trust Renda Imobiliária FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo (híbrido) que possui diferentes tipos de investimentos no setor imobiliário. Sua prioridade é investir em propriedades para renda via contratos de locação atípicos (Built-To-Suit e Sale&Leaseback).

RZTR11 informa resultados e rendimentos do mês de setembro

A Riza Asset Management, gestora do FII Riza Terrax (RZTR11), comunicou em relatório gerencial nesta segunda-feira (18), os resultados e rendimentos referentes a setembro.

No início de outubro, o Riza Terrax distribuiu R$ 0,95 reais por cota referente ao mês de setembro, equivalente a um dividend yield de 0,95%. Confira abaixo:

rztr11

A gestão destacou que a cota no mercado secundário variou de R$ 97,41 para R$ 99,99 reais, um retorno total bruto de 3,61% no mês. O fundo distribuiu o valor acumulado de R$ 7,17 por cota no período de janeiro a setembro de 2021. 

A alocação do fundo saltou para 96% após a aquisição da fazenda Paranatinga. A gestão disse que o fundo ainda possui recursos em caixa, dado que as transações são desembolsadas em tranches, seguindo os trâmites de registro das propriedades junto aos cartórios locais. 

Também, o RZTR11 celebrou contratos de compra e venda de ações de algumas empresas geridas pela Brookfield no Brasil. 

A gestora lembrou que as transações estão sujeitas à prévia aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica e à implementação de determinadas condições precedentes ao fechamento, conforme especificadas nos respectivos contratos. 

Após a conclusão destas etapas, a gestão irá divulgar os detalhes ao mercado por meio de fato relevante e relatório gerencial. 

O FII Riza Terrax tem como principal objetivo gerar retorno para os investidores no longo prazo através do arrendamento, compra e venda de propriedades agrícolas em 3 diferentes estratégias, Sale&Leaseback, Buy to Lease e Land Equity. 

O fundo tem foco no território nacional, com atuação nas regiões consolidadas de produção de grãos e fibras. 

SNFF11‌ divulga resultados e mostra ganhos com giro de carteira

A‌ ‌‌Suno‌ ‌Asset‌,‌ ‌gestora‌ ‌do‌ ‌‌Suno‌ ‌Fundo‌ ‌de‌ ‌Fundos‌ ‌(SNFF11)‌,‌ ‌informou‌ ‌nesta‌ ‌última‌ segunda-feira‌ ‌(18)‌ ‌os‌ ‌resultados‌ ‌e‌ ‌rendimento‌s ‌referentes‌ ‌ao‌ ‌mês‌ ‌de‌ setembro.‌ ‌Da mesma forma,‌ ‌a‌ ‌gestão‌ ‌explicou‌ suas estratégias e os ganhos de capital com giro de carteira. 

Em relação ao resultado do mês, a Suno Asset reforçou que o SNFF11 distribuirá R$0,70 por cota. O valor distribuído corresponde a um dividend yield anualizado de 9,03%. 

Desta forma, o dividendo continua acima do previsto no estudo de viabilidade, que estimava um dividendo no patamar de R$0,45 por cota. Confira abaixo:

SNFF11

Rendimentos dos fundos e ganho de capital

A gestão destacou que no mês de setembro o fundo fez giros pontuais na carteira. O objetivo foi realizar ganho de capital por meio de ativos que não fazem parte dos ativos-alvo. 

De fato, o cenário macroeconômico de setembro foi de queda “geral” das cotas dos FIIs, abrindo oportunidades de compras, assim como no mês anterior.

Para aproveitar a aquisição de ativos com preços descontados, o SNFF11 investiu nas cotas dos seguintes FIIs: BTLG11, JSRE11, PVBI11 e SPVJ11. O destaque dessas operações está no setor de lajes corporativas, que segue com preços muito atrativos.

Confira abaixo as alocações do fundo por setores durante os últimos meses:

SNFF11

Em relação à estratégia de renda, o fundo tem visto suas receitas subirem. A gestora reforçou que em setembro o fundo contava com mais de 10% do seu patrimônio líquido em recibos de ALZR11, IRDM11, SNCI11 e HGLG11. 

Dos rendimentos por cota, R$0,55 são provenientes dos dividendos dos fundos investidos pelo SNCI11. 

Desta forma, a gestão disse que o SNFF11 realizou lucros das cotas adquiridas por meio de emissões de cotas dos fundos HCTR11 e RECR11, juntamente com uma venda de cotas do URPR11. Essas vendas geraram de lucro por cota, o equivalente a R$ 0,15 por cota.

No momento, o SNFF11 participa da oferta do RECR11.

O Suno Fundo de Fundos tem como objetivo investir em cotas de outros fundos de investimento imobiliário e, complementarmente, em ativos ligados ao setor, podendo ser  em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs); letras hipotecárias (LH), letras de crédito imobiliário (LCI) e outros ativos de renda fixa.