O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ segunda-feira‌ ‌(20)‌ ‌em alta de 0,01%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.695,05 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ dezembro ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ 4,51%‌ ‌e‌ -6,1%,‌ ‌respectivamente.‌  

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

BCRI11 divulga resultados e informa suas estratégias de investimento

O Fundo de Investimento Imobiliário Banestes Recebíveis Imobiliários (BCRI11), administrado pela BRL Trust DTVM S.A., divulgou nesta segunda-feira (20) os resultados e rendimentos do mês de novembro.

No mês de novembro, o fundo distribuiu o valor de R$ 1,15 por cota. Isso corresponde a um dividend yield de 1,11%, líquido de imposto de renda.

A gestora destacou que o IGP-M registrado no período foi de 0,02%, apresentando variação de 17,89% em 12 meses.

Confira abaixo os resultados com maiores detalhes:

BCRI11

A gestão do BCRI11 disse que não houve eventos de inadimplência relacionados à remuneração e amortização dos ativos da carteira do fundo. 

O fundo manteve sua estratégia de realizar vendas pontuais de cotas de FII. Isso gerou um ganho de capital no valor de R$ 72.994,48. 

Da mesma forma, o fundo encerrou sua posição no BCIA11, vendendo as 196 cotas que possuía em carteira. A gestão disse que a posição no ativo era pouco representativa. 

Investimento do mês

O fundo adquiriu o CRI Thermas São Pedro. Por isso o BCRI11 fechou o mês com apenas 10,37% do patrimônio em caixa. O ativo possui taxa de IPCA + 10,00% a.a.

A gestora deixou claro que diante da instabilidade recente do mercado e caixa não apresentar volume elevado, o fundo tem procurado ser cada vez mais exigente na seleção de novos ativos. 

A estratégia da gestão é se mantém em buscar de ativos que remunerem o patrimônio do fundo com boas taxas acima da inflação, com bom leque de garantias e sem comprometer o perfil de risco. Confira o perfil da carteira do fundo:

BCRI11

Por fim, a gestão interpreta que o atual cenário de alta nas taxas de juros é positiva para os cotistas do BCRI11, visto que por meio dos investimentos no fundo, é possível obter uma remuneração de capital acima da inflação.

O Banestes Recebíveis Imobiliários FII tem como objetivo a aquisição de ativos financeiros de base imobiliária, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), outros ativos de renda fixa e cotas de FII. O Benchmark do Fundo é IGP-M + 6% a.a. 

PATL11 pagou a última parcela de novo imóvel em Jundiaí 

O FII Pátria Logística (PATL11), com gestão da Pátria Investimentos, divulgou nesta segunda-feira (20) o pagamento da terceira parcela referente à compra do ativo logístico localizado em Jundiaí, São Paulo. 

O PATL11, na qualidade de comprador, realizou o pagamento da última parcela referente à aquisição do imóvel logístico, no valor de R$ 10.236.778,40. Segue abaixo as imagens do galpão:

PATL11

Neste caso, tal ativo havia sido objeto da Escritura Pública de Compra e Venda assinada em 09 de setembro de 2021. 

Além da terceira parcela, o fundo pagou a primeira parte realizada na data da Escritura. Depois, foi  pago a segunda parcela no valor de R$ 2.000.000,00 no dia 09 de dezembro de 2021. Esta parcela representa a quitação da totalidade do preço de aquisição do Imóvel Postall. 

Com o término do pagamento do preço de aquisição do ativo logístico, a gestora não espera mudanças nos dividendos em dezembro de 2021, de maneira que a distribuição deve manter o valor dos últimos meses. 

Entretanto, é esperado um aumento de R$ 0,02/cota/mês (dois centavos) na média dos dividendos a serem distribuídos em 2022, considerando também a aquisição do Imóvel Jundiaí 1 ou Imóvel Solística. 

Referente ao mês de novembro, o fundo pagou aos cotistas o dividendo no valor de R$0,57 no dia 8 de dezembro. Portanto, é esperado que em janeiro, os cotistas recebam R$0,59 por cota.

O objetivo do FII Pátria Logística é a obtenção de renda e eventual ganho de capital através da seleção, aquisição e administração ativa de um portfólio de imóveis logísticos e industriais, construídos ou em construção.