O‌‌‌ ‌‌‌‌‌‌IFIX‌‌‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌última‌‌‌ quinta-feira‌‌‌ ‌‌‌(26)‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ alta de 0,08%,‌‌‌ ‌‌terminando‌‌ ‌‌‌o‌‌‌ ‌‌‌dia‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ ‌‌2.791 pontos.‌‌‌ ‌‌‌No‌‌‌ ‌‌‌acumulado‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌mês‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ maio ‌‌‌e‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌ano‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ ‌‌‌2022,‌‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌variação‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌índice‌‌‌ ‌‌‌é‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ -0,61 ‌‌‌e‌‌‌ -0,32%‌‌,‌‌‌ ‌‌‌respectivamente.‌‌‌ ‌Em resumo, MALL11 comentou sobre uso de reserva para complementar dividendos. Além disso, o TRXF11 anunciou compra de dois imóveis com assinatura de contratos de locação.    

Confira‌‌ ‌‌as‌‌ ‌‌principais‌‌ ‌‌notícias‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌mercado‌‌ ‌‌de‌‌ ‌‌FIIs:‌‌

MALL11 utiliza reserva para pagar dividendos; entenda as razões

O Malls Brasil Plural FII (MALL11), representado por sua gestora Genial Gestão, comunicou nesta última quinta-feira (26) os resultados do fundo referente ao mês de abril. A gestora informou que o fundo utilizou sua reserva para dar maior previsibilidade nas distribuição, ainda possuindo caixa para lidar com as oscilações do mercado. 

O fundo gerou de resultado referente ao mês de abril, o valor de R$ 0,66/cota. A gestora destacou que esse foi superior aos melhores patamares alcançados no último ano. Porém, os dividendos do MALL11 foram de R$ 0,72/cota.  Confira:

MALL11 Fiis

A gestora reforçou que o fundo ainda possui uma reserva de contigência a distribuir para os próximos meses de R$ 0,59/cota. O objetivo do fundo é utilizar desse recurso para oferecer maior previsibilidade nos rendimentos dos cotistas. 

Neste aspecto, o MALL11 utilizou sua reserva em caixa para complementar os dividendos pagos em maio. Até então, a reserva do fundo era o equivalente a R$0,65 por cota. Desde dezembro de 2021 o fundo vem reforçando seu caixa para manter a linearidade dos seus dividendos.  

Além disso, o MALL11 possui  renda mínima garantida em, aproximadamente, 24% da ABL do portfólio de seus ativos. Na visão da gestora, isso dá mais tranquilidade ao fundo para enfrentar turbulências no curto prazo, caso haja medidas restritivas aos shoppings. 

Resultados operacionais

No mês de abril, o MALL11 obteve um  NOI Caixa de R$ 4,6 milhões, ficando 38% acima no comparativo com o mesmo mês de 2019. Lembrando que o NOI (receita operacional líquida é um indicador que mostra a diferença entre a receita e os gastos operacionais.

Deste modo, a gestora também constatou que o resultado de vendas dos shoppings ficou 16% acima de março de 2019, totalizando R$ 59 milhões no mês. Com o Madureira Shopping no comparativo, que é o ativo mais recente do fundo,  o NOI Caixa é de R$ 6,7 milhões, com um total de R$ 90 milhões em vendas.

O Malls Brasil Plural FII é um fundo do tipo tijolo, com foco na obtenção de renda a partir da exploração imobiliária de participações em shopping centers.

TRXF11 comprará dois imóveis para construção e locação; saiba como será 

O fundo imobiliário TRX Real Estate (TRXF11), representado por sua gestora TRX Gestora de Recursos, comunicou nesta última quinta-feira (26) a compra de dois ativos que serão locados pelos seus antigos donos. 

Neste aspecto, o TRXF11 assinou o documento Promessas de Venda e Compra, se comprometendo na aquisição dos referidos imóveis, que serão locados pela BMB, antiga dona do ativo.

Em paralelo, o fundo assinou dois contratos de locação com a BMB, empresa controlada pela Leroy Merlin, para aquisição, construção e locação de dois imóveis localizados no Estado de São Paulo.  

O valor total do compromisso de investimento assumido pelo fundo é de cerca de R$ 135.000.000,00. Os contratos de locação vigorarão pelo prazo de 20 anos, contam com penalidade por rescisão antecipada equivalente ao saldo devedor integral de cada contrato, sem possibilidade de ação revisional de aluguel.

Os imóveis serão lojas varejistas e atacadistas de material de construção. A gestora destacou que tanto a vigência dos contratos de locação como a aquisição dos ativos, estão condicionadas à superação de certas condições suspensivas previstas nos contratos. 

Assim que todas as pendências forem resolvidas, as obras de construção e desenvolvimento imobiliário serão iniciadas, passando a BMB a pagar aluguel provisório, durante todo o período das obras de construção e desenvolvimento imobiliário. 

O TRX Real Estate é um fundo de investimento imobiliário com foco na distribuição de renda e dividendos aos seus cotistas através de uma gestão ativa que busca maximizar seu retorno por meio da aquisição, do desenvolvimento e da venda de imóveis locados preferencialmente para grandes empresas com contratos de longo prazo.