O Fundo de Investimento Imobiliário BTG Pactual Agro Logística (BTAL11), administrado pelo BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM, divulgou nesta segunda-feira (13) que foi lavrada a escritura de venda e compra do imóvel Cascavel.

Por conta dessa nova escritura que foi concretizada, o BTAL11 pagou o saldo remanescente do preço, no montante de R$ 14,3 milhões. Assim, o BTG Pactual Agro Logística se tornou integralmente dono do imóvel.

Este fato anunciado pelo BTAL11 vem em complemento ao fato relevante do dia 1 de abril de 2021. Nesse período, foi informado ao mercado que o fundo celebrou com a I.Riedi Grãos e Insumos, mais conhecida simplesmente como I.Riedi, documentos relacionados à aquisição de três ativos.

No conjunto desses 3 ativos, está o imóvel Cascavel, localizado na Estrada da Pedreira Nº 151 – Bairro 15 de Novembro, Cascavel – PR. Na presente data, depois da superação das condições precedentes que estavam acordadas entre o fundo e o vendedor, foi lavrada a escritura em questão.

Saiba mais sobre o BTAL11

O objetivo do BTG Pactual Agro Logística (BTAL11) é trazer a rentabilidade e valorização das cotas no longo prazo por meio da aquisição e construção de ativos de escoamento e armazenagem distribuídos ao longo de toda cadeia logística do agronegócio brasileiro.

O BTAL11 diz que “atua nas regiões da cadeia onde o déficit de infraestrutura/ armazenagem é mais intenso, e próximas das principais rotas de escoamento rodoviárias, ferroviárias e hidroviárias”.

O fundo iniciou suas atividades em fevereiro de 2021 e tem uma taxa de administração de 1,10% ao ano sobre o patrimônio líquido ou valor de mercado em caso do fundo se integrar ao IFIX. Com apenas 1 emissão até o momento, o BTAL11 possui 5.982.736 cotas emitidas e possui prazo indeterminado.

Portfólio do BTG Pactual Agro Logística

Segundo o último relatório gerencial divulgado, o BTAL11 até o momento fez 11 aquisições de ativos-alvo, no valor total de R$ 555 milhões. Isso corresponde a uma alocação de cerca de 90% do patrimônio líquido. Por tipo de ativo, em percentual da receita contratada, a carteira de ativos se distribui da seguinte forma:

  • Certificados de Recebíveis Imobiliários - 26%;
  • Terminal de transbordo intermodal - 19%;
  • Centro de recebimento de grãos - 15%;
  • Armazém graneleiro - 14%;
  • Terminal portuário - 10%;
  • Armazém refrigerado - 8%;
  • Complexo industrial de sementes - 8%.

Importante lembrar que 100% dos contratos do BTAL11 são atípicos, enquanto 100% deles estão sob indexador IPCA. No vencimento dos contratos, cerca de 72,8% vence em algum período entre 2031 e 2035. Por perfil do locatário, essa distribuição ocorre da seguinte forma:

  • Operador logístico - 33%;
  • Açúcar e álcool - 30%;
  • Revenda de insumos - 23%;
  • Etanol de milho - 14%.

Esses detalhes podem ser vistos através dos seguintes gráficos:

BTAL11 anuncia a lavratura da escritura do imóvel Cascavel no Paraná

O valor de mercado do BTAL11 ao final de julho era de R$ 603 milhões, que em meio a 5.982.736 cotas emitidas pelo fundo até então, se tem o valor de mercado por cota no final do período de R$ 100,80. O valor patrimonial do fundo é de R$ 613 milhões, de modo que se tem R$ 102,4 por cota.