A gestão do BTG Pactual Logística FII (BTLG11) comunicou aos cotistas nesta última quarta-feira (27), sobre resultados e rendimentos referentes ao mês de setembro. Além disso, a gestão explicou que a venda de ativos tem impactado positivamente as finanças do fundo.

Referente a setembro, o fundo distribuiu R$ 0,72 por cota aos seus investidores. Este valor representa um dividend yield de 8,01% com base na cota de fechamento do mês. Confira abaixo:

BTLG11

A gestora reforçou que o resultado foi impactado positivamente pela venda dos imóveis Supermarket, Itambé, Magna e Ceratti. 

Os dois primeiros ativos, na verdade, já não fazem mais parte da carteira do BTLG11, pois suas escrituras de venda foram assinadas em 16 de setembro. Neste caso, o lucro da venda dos ativos vem sendo repassado durante os semestres.  

A gestão destacou que em 24 meses, o retorno o BTLG11 é de 30,0%, superando o IFIX que alcançou a marca de 1,2%. A rentabilidade é comemorada, pois segundo a BTG Pactual Asset Management, ela marca a entrada da gestora no fundo. 

Gestão de ativos

Em relação aos seus ativos, o Fundo fechou um acordo com a locatária SM Empreendimentos Farmacêuticos para investimentos adicionais no imóvel de sua ocupação que pode chegar a R$ 1 milhão, com um cap rate de 12,7% a. a. 

Em relação à renovação dos contratos de locação, a gestão disse estar trabalhando ativamente, sendo que os resultados têm sido positivos. 

Prova disso é o aumento nos prazo dos contratos, com o valor médio de locação dos parques dentro dos patamares das suas respectivas regiões. 

Confira abaixo o perfil dos ativos do fundo:

BTLG11

Falando nisso, o BTLG11 contou com a devolução de dois módulos no ativo BTG Log Hortolândia. Desta forma, a vacância do FII se concentra neste ativo e representa 1,4% da ABL total do fundo. A gestora segue trabalhando com o intuito de ocupar todo seu portfólio. 

O BTLG11 vem diminuindo a exposição em um FII de CRI de baixo risco de crédito e indexado à inflação. 

Até então, a posição inicial era de R$ 100 milhões. No final de setembro encerrou em R$ 88 milhões, fechando com um lucro líquido de R$ 100 mil.

A posição se caracteriza como um investimento oportunístico e uma estratégica tática de alocação do caixa, uma vez que o DY in place é de 14%. 

Fundo premiado pelo Master Imobiliários 2021

Por fim, a gestão informou que em setembro, o BTLG11 foi premiado pelo Master Imobiliário 2021 na categoria Profissional – Turnaround. O prêmio foi considerado pela gestora como um reconhecimento de todo trabalho feito pelo fundo. 

O Prêmio Master Imobiliário foi criado em 1994 com objetivo de reconhecer e estimular a excelência profissional no setor imobiliário brasileiro, premiando e divulgando anualmente o desempenho das empresas e dos profissionais que mais se distinguem.

Saiba mais sobre o BTLG11

O BTG Pactual Logística é um fundo imobiliário de tijolo com objetivo de obtenção de renda e ganho de capital por meio de investimentos em imóveis destinados a operações de armazéns logísticos e plantas industriais. 

O BTG Pactual Logística FII possui patrimônio líquido é de R$1,5 bilhão e tem cerca de 142.314 cotistas. 

Para quem deseja investir no BTLG11, o valor patrimonial da sua cota é de R$100,24. Sua taxa de administração é de 0,30%a.a. sobre patrimônio líquido.