O Fundo de Investimento Imobiliário Europar (EURO11), administrado pelo Coinvalores, divulgou o seu relatório gerencial do mês de dezembro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

O EURO11 foi constituído no mês de dezembro de 2002. O objetivo do fundo é investir em imóveis comerciais e industriais que são destinados à locação. A distribuição dos imóveis que fazem parte dos ativos do fundo por ABL se dão dá seguinte forma:

  • CDA 1: 61,67%;
  • CDRJ: 25,30%;
  • Torre Atlas: 13,03%.

Portfólio e carteira do Europar

No mês de dezembro, o imóvel que compõe a carteira do EURO11 se uma avaliação em relação ao seu valor justo. Desse modo, o valor patrimonial da cota teve uma variação positiva de 9,93%.

Em relação ao impacto do ajuste ao valor justo corresponde a uma variação positiva de 9,96%. Ou seja, com o desconto do ajuste a valor justo, o valor patrimonial da cota teria uma variação de -0,04%.

O fundo diz que a nomenclatura “investimentos” que foi dita no relatório do EURO11, são as adaptações para acessibilidade para atender deficientes físicos que foram introduzidas no Centro de Distribuição Anhanguera “CDA”.

Para isso, o montante inicial que foi aplicado pelo fundo foi de cerca de R$ 915,5 mil. Isso ocorreu por conta da necessidade de adaptações que se identificou na execução da obra. Com um complemento de R$ 48,9 mil, o total despendido foi de R$ 964,4 mil, dos quais cerca de R$ 932,6 mil já foram pagos.

Todo esse recurso veio a partir da reserva de caixa do EURO11 de 5% do resultado acumulado. Por conta disso, esse investimento não trouxe grandes impactos ao fundo, tanto no que se refere ao resultado operacional, quanto na distribuição de rendimentos.

No cronograma de vencimentos dos contratos, o portfólio do EURO11 se distribui em:

  • 1° semestre de 2023 - 31,23%;
  • 2° semestre de 2022 - 29,79%;
  • 1° semestre de 2022 - 24,60%;
  • 2° semestre de 2030 - 8,96%;
  • 1° semestre de 2024 - 5,42%.

EURO11 divulga resultado e dividendos do mês de dezembro

Resultados e rendimentos do EURO11

Conforme uma avaliação técnica feita pela empresa Cushman & Wakefield, o valor de mercado de empreendimentos, o que insere um terreno, além de construções, foram de cerca de R$ 118,3 milhões, como base no mês de dezembro de 2021.

As receitas do EURO11 ao final do mês de dezembro foi de R$ 715 mil, enquanto as despesas foram de R$ 72,3 mil. Com isso, o subtotal foi de R$ 1,856 milhão. A distribuição de rendimentos do fundo foi de R$ 613,7 mil.

O saldo de caixa ao final dos períodos foi de R$ 1,816 milhão. A distribuição de rendimento por cota do EURO11 foi de R$ 1,72, com data base no último dia de negociação ex-rendimento em 30 de dezembro de 2021. A data do pagamento foi em 14 de janeiro de 2022. Assim, o dividend yield foi de 0,82%, com total de 8,76% nos últimos 12 meses.