Fundo Imobiliário que investe em mercados regionais divulga primeira oferta de cotas; retorno esperado é de IPCA + 10,65% ao ano

Com proposta de desenvolver ativos de alto padrão em mercados regionais, gestora divulga nova oferta de cotas

Fundo Imobiliário que investe em mercados regionais divulga primeira oferta de cotas; retorno esperado é de IPCA + 10,65% ao ano

MATERIAL PUBLICITÁRIO

Com o anúncio do início da oferta da primeira emissão de cotas do Fundo de Investimento Imobiliário Apex Realty (APXR11), o mercado de fundos imobiliários brasileiro contará com novo participante que buscará democratizar o acesso a oportunidades de investimento em incorporações residenciais fora do eixo Rio-São Paulo.

O IPO do fundo será limitado a um montante total de R$ 600 milhões, disponibilizados para investidores qualificados. Serão 6 milhões de cotas emitidas com o preço de emissão de R$ 100 por cota,incluindo taxa de distribuição.

O grupo Apex, responsável pela estruturação e gestão do fundo, completou 10 anos de história no ano de 2023 e possui ampla atuação vocacionada para o mercado regional brasileiro. 

Desde 2016, o grupo foi responsável pelo investimento em mais de 20 empreendimentos imobiliários, e atualmente conta com um volume de ativos sob supervisão superior a R$ 7,5 bilhões. 

O FII APXR11 direcionará os recursos para o investimento no desenvolvimento de empreendimentos residenciais de alto-padrãonos estados do Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina. Esses estados contam com a presença de escritórios da Apex e com a atuação direta de sócios regionais do grupo.

Segundo a gestora, os imóveis nestas praças tiveram as maiores altas do país nos últimos anos. Vitória, por exemplo, registrou a maior valorização no preço/m² médio de vendas, com um aumento de 166% em 10 anos, segundo o Índice Fipezap. Em Florianópolis e Curitiba, a valorização passou de 100%, reforçando a oportunidade de investimentos e crescimento dessas regiões.

Mais detalhes da oferta de cotas do APXR11

O portfólio do fundo APXR11, gerido pela Carbyne Investimentos, gestora do Grupo Apex, consistirá em empreendimentos residenciais de alto padrão. Essas propriedades são estrategicamente localizadas em cidades com mercados imobiliários em pleno desenvolvimento e uma baixa oferta primária de unidades de alto padrão.

Atualmente, o portfólio do fundo conta com 9 projetos, e um pipeline em fase de estruturação para consolidar um total de 15 projetos no fundo.

Para o desenvolvimento de novos ativos, a gestora conta com a consultoria imobiliária da Apex, em parceria com as principais incorporadoras e construtoras em cada uma das regiões investidas.

A rentabilidade esperada do fundo APXR11 é de IPCA + 10,65% ao ano, com um múltiplo sobre o capital investido de 2.26x. Porém, qualquer rentabilidade prevista não representa nem deve ser considerada como promessa ou garantia de rentabilidade aos investidores. 

Confira abaixo alguns dos projetos do portfólio do FII:

Para saber mais informações sobre a oferta primária do APXR11, leia o prospecto, clicando neste link. Quer conhecer mais sobre o APXR11? Clique neste formulário.

Esta matéria tem caráter meramente informativo e não se trata de recomendação para a compra de quaisquer valores mobiliários. É recomendada a leitura do prospecto e do regulamento antes de investir, em especial a seção dos fatores de riscos. A isenção do imposto de renda é aplicável apenas para pessoa física e está sujeita às condições legais. Os fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros.

foto: Gustavo Silva
Gustavo Silva

Jornalista com doutorado pela UFMG e produtor de conteúdo da unidade de mídias da Suno. Também trabalha no Suno Notícias e Funds Explorer, fazendo a cobertura de FIIs, Fiagro e FI-Infra.

últimas notícias