Fundos de Desenvolvimento: Um FII para turbinar a carteira

Os fundos de desenvolvimento podem oferecer grandes retornos para o investidor devido ao seu modelo de gestão.

Esses fundos de desenvolvimento são mais direcionados para perfis de investidores arrojados, pois, o seu risco de investimento é considerado maior, quando comparado aos outros FIIs.

Basicamente, os fundos de desenvolvimento têm como objetivo investir em projetos imobiliários para obter lucro com a venda ou arrendamento dos imóveis prontos. Esse tipo de fundo é muito semelhante a empresas de construção civil. Eles investem na compra de terrenos para construir e lucrar com a venda posteriormente.

Uma das principais diferenças é que os FIIs não trabalham com alavancagem, ou seja, utilizam somente dinheiro que realmente têm, o que diminui consideravelmente seus riscos.

Características dos fundos de desenvolvimento

fundos de desenvolvimento

Os fundos de desenvolvimento são FIIs que investem na construção de imóveis para a venda. Eles lucram com a venda desses imóveis.

Entretanto, a incorporação imobiliária é uma atividade de maior risco, e neste caso, o risco do incorporador é transferido para o investidor.

Entre os problemas que podem ocorrer durante a construção estão o estouro do orçamento, problemas com licenças ambientais e atraso na entrega.

Por outro lado, o potencial de rentabilidade desses fundos tende a ser maior que o dos demais tipos de fundos imobiliários.

Um fato importante a destacar é que os FIIs de desenvolvimento costumam oferecer uma Renda Mínima Garantida (RMG) aos cotistas enquanto os imóveis estão sendo construídos, para incentivá-los a permanecer no fundo.

Os FIIs que constroem imóveis residenciais costumam vendê-los quando eles ficam prontos. Já os que constroem imóveis corporativos podem permanecer com o imóvel, usufruindo dos aluguéis.

Como exemplo, temos a recente entrega do projeto HUSC11, um hospital desenvolvido pelo fundo com contrato de locação no modelo Built To Suit.

Ou seja, o HUSC11 comprou o terreno e construiu o imóvel já com o contrato de locação garantido por 20 anos. Nesse caso, o fundo ganha com a valorização do empreendimento e pagamento dos alugueis. A propriedade do HUSC11 já foi entregue ao seu locador e agora é considerado do segmento hospital.

FIIs de desenvolvimento para investir

Em nosso site, disponibilizamos a lupa de FIIs, um filtro de pesquisa personalizado para o investidor selecionar e encontrar as informações que deseja.

Portanto, para critério de conhecimento, veja quais são os principais fundos de desenvolvimento listados na B3.

Por fim, esperamos que tenha compreendido as principais características dos fundos de desenvolvimento. No entanto, se você deseja aprender mais sobre fundos imobiliários, não deixe de ler nossos artigos. Bons investimentos!

Em dúvida se um determinado FII é o ideal para sua carteira neste momento? Baixe gratuitamente nosso checklist e faça sua análise.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.

Comentários