Tipos de Fundos Imobiliários – Confira todas as opções para investir

Você sabia que os Fiis se dividem em vários tipos de fundos imobiliários?

Isso mesmo, no mercado de fiis existem diversos tipos de fundos imobiliários onde eles se distribuem em vários segmentos.

Um fundo imobiliário nada mais é que um grupo de pessoas que têm um objetivo em comum: investir em ativos imobiliários. O dinheiro investido é convertido em forma de cotas e administrado por um gestor, que é o responsável por encontrar e realizar os investimentos para com isso, garantir uma boa rentabilidade para o fundo. Dito isso, veja quais são os principais tipos de fundos imobiliários do mercado.

Principais tipos de fundos imobiliários

tipos de fundos imobiliários

Uma classificação que se tornou bem comum é dividir os fundos pelo tipo de ativo em que eles investem seu capital:

  • Fundos de Tijolo
  • Fundos de Papel

Fundos de Tijolo

Esses são os fundos imobiliários que investem em imóveis reais e ganham com a renda de aluguel ou venda com lucro.

Nos fiis de tijolo o investidor pode, além de ganhar com a renda de aluguéis, ver o preço das cotas acompanhar a valorização dos imóveis do portfólio do fundo.

Fundos de Papel

Já os fundos de papel são aqueles que investem em ativos financeiros do mercado imobiliário e os fundos que investem em cotas de outros fundos (Fundo de Fundos).

Nos fiis de papel o investidor ganha com o pagamento de juros e não há valorização do principal.

No entanto, como os fiis possuem objetivos distintos para obter renda, veja uma classificação mais detalhada para facilitar a comparação entre eles:

  • Fundos de Desenvolvimento Imobiliário
  • Fundos de Renda Shoppings
  • Fundos de Renda Lajes Corporativas
  • Fundos Imobiliários de Galpões Industriais
  • Fundos de Hotéis
  • Fundos Imobiliários de Educacional
  • Fundos Imobiliários de Hospitais
  • Fundos de Fundos
  • Fundos de Compra e Venda de Imóveis
  • Fundos de Recebíveis Imobiliários (CRIs)
  • Fundos Híbridos (Papel e Tijolo)
  • Fundo de Agências Bancárias
  • Fundos de Varejo
  • Outro Fundos

Entenda como os Fundos Imobiliários funcionam no mercado

tipos de fundos imobiliários

Para iniciar um fundo, a instituição financeira responsável por ele precisa apresentar um documento ao mercado contendo:

  • Política de investimentos
  • Diretrizes gerais do futuro fundo

A partir disso, é realizada a oferta primária do FII.

As cotas do fundo, de número limitado e definitivo, são emitidas e lançadas no mercado pela primeira vez.

Feito isso, quem tem interesse pode comprar a quantidade de cotas desejadas e se juntar aos primeiros cotistas do fundo.

Com o capital arrecadado, o gestor do fundo começa a adquirir os ativos imobiliários, de acordo com a política de investimentos que foi proposta.

Portanto, após a abertura, o fundo passa a ser identificado por um código e pode ter suas cotas negociadas na Bolsa de Valores (B3), da mesma forma que acontece com as ações de uma empresa.

Tipos de fundos imobiliários - Considerações

Os fundos imobiliários são uma excelente oportunidade para diversificar seus investimentos e ainda obter bons rendimentos.

Por isso, evite entrar em um fundo sem entender do que se trata e de como está o panorama da economia no momento.

É fundamental conhecer todas as opções, observar a relação risco x retorno e também o prazo de perspectiva de ter o seu rendimento quando falamos de fundos imobiliários.

Por fim, o rendimento dos fiis pode vir de diversas formas, assim como também temos diversos tipos de fundos imobiliários que podem compor uma carteira de investimentos diversificada nesse setor.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários