FII anuncia lucro de R$ 10,4 milhões e tem taxa de retorno de IPCA + 8,24% em sua carteira; Veja qual

O fundo imobiliário KNSC11 divulgou um resultado de R$ 10,4 milhões e possui uma taxa de retorno de IPCA + 8,24% na carteira. Veja detalhes.

FII anuncia lucro de R$ 10,4 milhões e tem taxa de retorno de IPCA + 8,24% em sua carteira; Veja qual
FLCR11: fundo imobiliário paga maior dividendo em 6 meses e investe R$ 4,9 milhões em novo CRI. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário KNSC11 divulgou seu novo relatório gerencial, reportando um resultado de R$ 10,4 milhões em novembro, com baixa de 3,7% em relação ao lucro reportado em outubro, que fora de R$ 10,8 milhões.

As receitas do KNSC11 foram de R$ 11,4 milhões em novembro, enquanto as despesas totalizaram R$ 1,2 milhão. Do resultado do mês, cerca de R$ 9,3 milhões foram pagos na forma de dividendos.

Assim, apesar de ser o menor montante de dividendos desde julho de 2023, o valor por cota teve um leve recuo para R$ 0,07 por cota, voltando ao mesmo valor distribuído em setembro de 2023.

Os dividendos do KNSC11 somam R$ 1,045 por cota nos últimos 12 meses, o que representa um dividend yield de 11,89%.

Os dividendos também representam uma rentabilidade, isenta do imposto de renda para as pessoas físicas, de 0,75% no mês, levando em conta a cota média de ingresso de R$ 9,29, que representa 82% da taxa DI do período, ou ainda 97% do CDI com o gross-up do Imposto de Renda a uma alíquota de 15%.

Carteira do KNSC11 tem taxa de retorno de IPCA + 8,24%

Até o final de novembro, o fundo imobiliário KNSC11 tinha alocação de 107,2% do seu patrimônio líquido em ativos alvo e outros 2,8% em instrumentos de caixa.

Cerca de 62,8% da carteira está investida em CRIs indexados ao IPCA, cuja remuneração média (MTM) é de IPCA + 8,24% ao ano e o prazo médio é de 7,8 anos.

Enquanto isso, o montante investido em CRI exposto ao CDI representa 43,5% do patrimônio, cuja remuneração média (MTM) é de CDI + 3,64% ao ano, enquanto o prazo médio é de 3,6 anos.

“Para uma melhor orientação dos investidores, destacamos que os CRI atrelados à inflação presentes na carteira refletem, aproximadamente, as variações do indexador IPCA referentes aos dois meses anteriores à apuração de resultados”, destaca a gestão.

Por essa razão, os resultados do FII KNSC11 de novembro sofreram o impacto de forma aproximada da variação do IPCA nos meses de setembro (0,26%) e outubro (0,24%).

“Estes patamares de inflação, apesar de ainda baixos, representaram níveis mais normalizados quando comparados aos registrados nos meses de junho (-0,08%) e julho (0,12%)”, conclui o KNSC11.

Tags
foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias