GALG11: Exercício do direito de preferência começa hoje (1); gestora explica mudanças no FII

Veja os detalhes sobre o GALG11 após a oferta de cotas.

GALG11: Exercício do direito de preferência começa hoje (1); gestora explica mudanças no FII

(Material de Divulgação)

Começa nesta quarta-feira (1) o período de exercício do direito de preferência do fundo imobiliário GALG11. Na B3, este período de exercício do direito de subscrição vai até o dia 9 de novembro. Além disso, a data de hoje marca também o dia para negociação do direito de preferência na B3.

O FII gerido pela Guardian Gestora pretende arrecadar um total de R$ 500 milhões. O valor da nova cota será de R$ 9,17, já contando com a taxa de distribuição de R$ 0,03 centavos. O fundo também pretende ampliar sua atuação de investimento em imóveis de renda urbana. Está prevista também a convocação de Assembléia, após a oferta, para 

A 5ª emissão de cotas do GALG11 também terá o período de subscrição das sobras e montante adicional, entre os dias 14 a 16 de novembro, também pela B3. A oferta é destinada a investidores em geral.

Mudanças no GALG11 após oferta de cotas

Segundo os materiais disponibilizados da oferta (link), o fundo pretende adquirir novos imóveis do setor de renda urbana, com lojas dos Varejistas Grupo Mateus e GPA. O objetivo da gestora é aumentar a diversificação tanto do tipo de ativos quanto dos inquilinos do fundo, mantendo os pilares estratégicos do fundo atual. 

A gestora explica que os imóveis para aquisição indicados nesta 5ª emissão do GALG11 apresentam as mesmas características estratégicas do portfólio atual: de contratos atípicos com multa de rescisão integral, locações de longo prazo, inquilinos com excelente rating de crédito e estabilidade nos dividendos. 

Como complemento, o GALG11 quer com sua nova oferta incrementar sua distribuição de rendimentos. No estudo de viabilidade, o fundo projeta um dividend yield anual de 11,6%, saindo do atual patamar de 10,8%. Confira na tabela abaixo divulgada no prospecto da oferta:

Fonte: Prospecto da oferta do GALG11

O FII ampliará sua atuação no mercado imobiliário, mesclando sua experiência na gestão de ativos logísticos com a aquisição de imóveis voltados para o varejo.

Por esses motivos, após a oferta os cotistas decidirão em assembleia, dentre várias pautas, a mudança do nome do fundo para Fundo de Investimento Imobiliário Guardian Real Estate (GARE11).

A partir da emissão, o estudo de viabilidade projeta uma redução de mais de 30% do patamar de alavancagem atual do fundo, chegando a 26%.

Esta matéria tem caráter meramente informativo e não se trata de recomendação para a compra de quaisquer valores mobiliários. É recomendada a leitura do prospecto e do regulamento antes de investir, em especial a seção dos fatores de riscos. A isenção do imposto de renda é aplicável apenas para pessoa física e está sujeita às condições legais. Os fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros.

Tags
foto do autor: Gustavo Silva
Gustavo Silva

Jornalista com doutorado pela UFMG e produtor de conteúdo da unidade de mídias da Suno. Também trabalha no Suno Notícias e Funds Explorer, fazendo a cobertura de FIIs, Fiagro e FI-Infra.

últimas notícias