A Zagros Capital, administradora do fundo GGR Copevi Renda (GGRC11), informou aos cotistas nesta última sexta-feira (17) os resultados do mês de novembro. Além disso, a gestão do fundo divulgou sobre locatário que continua inadimplente nos aluguéis. 

O GGRC11 distribuiu R$0,80 por cota referente ao mês de novembro de 2021. Os pagamentos foram realizados no 6º (sexto) dia útil do mês de dezembro. Confira abaixo: 

GGRC11

A gestora disse que a locatária Covolan continua inadimplente com a obrigação no pagamento do aluguel mensal. 

Neste caso, o fundo está tomando todas as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis face a Covolan e aos fiadores da operação. Acima de tudo, o fundo quer resguardar os direitos dos cotistas do Fundo. 

Além disso, a gestora enfatizou que o GGRC11 não apresenta vacância física em seu portfólio. 

Como é feita a análise operações do fundo

A equipe da Zagros explicou os critérios do fundo para  análise de operações para o GGRC11. 

As operações são estruturadas e analisadas para mitigação de riscos dessas operações, sempre em consonância com o objetivo do Fundo.

Alguns dos pilares para investimento do GGRC11 incluem os seguintes itens: 

  • Localização: Análise no detalhe a região ao qual o imóvel está inserido
  • Reposição imobiliária: os diversos usos do imóvel 
  • Qualidade construtiva
  • Crédito do Inquilino

Desta forma, a análise econômico-financeira busca identificar se a empresa gerará caixa suficiente para honrar os aluguéis durante e depois do término do contrato atípico. 

Veja abaixo o perfil do fundo:

GGRC11

Exatamente por isso o fundo analisa a perenidade do setor de atuação da empresa, controle acionário, estrutura de governança, modelo de negócio, rentabilidade e capacidade de geração de caixa. 

Pode ser exigida também uma garantia ao contrato analisado, dependendo do perfil de risco da locatária. 

Além disso, são analisados os requisitos ligados à reputação do inquilino, bem como são realizadas checagens com objetivo de identificação de eventuais conflitos de interesses com a possível existência de partes relacionadas com prestadores de serviços do Fundo. 

Superada a diligência, todos os contratos são bem estruturados para fins configuração da atipicidade contratual exigida pelas operações. 

Conheça o GGRC11

O GGR Copevi Renda tem como objetivo a realização de investimentos em imóveis comerciais, predominantemente no segmento industrial e logístico, com a finalidade de locação atípica (built to suit, sale and leaseback ou retrofit) ou venda, desde que atendam aos critérios e à política de investimento do Fundo descritos no regulamento. 

Desta forma, o fundo  possui patrimônio líquido de R$1,02 bilhão e tem cerca de 95.665 cotistas. 

Para quem deseja investir no GGRC11, o valor patrimonial de sua cota é de R$131,67, sendo sua taxa de administração de 1,10%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).