O Fundo de Investimento Imobiliário GGR Covepi Renda (GGRC11), administrado pela CM Capital Markets DTVM Ltda., divulgou nesta terça-feira (19) o seu relatório gerencial do mês de setembro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

O GGRC11 iniciou suas atividades em abril de 2017 e possui uma taxa de administração e gestão de 1,10% ao ano. O objetivo do fundo é realizar investimentos em imóveis comerciais, sobretudo no setor industrial e logístico. Assim, a pretensão é a locação atípica nas modalidades built to suit, sale and leaseback ou retrofit.

No começo de setembro, o GGRC11 terminou o processo de alocação dos recursos obtidos na 4ª oferta pública de cotas, com a compra do imóvel localizado em Uberlândia/MG. O valor da aquisição foi de cerca de R$253 milhões de reais. O imóvel foi locado para a Lojas Americanas, através de um contrato atípico na modalidade built to suit que foi firmado em 1º de agosto de 2012.

Portfólio do GGR Covepi Renda

O fundo tem 20 contratos de locação, o que resulta em mais de 397 mil metros quadrados de área construída. A receita do GGRC11 por região se distribui da seguinte forma:

  • Sudeste - 47,2%;
  • Sul - 29,2%;
  • Centro-Oeste - 13,8%;
  • Nordeste - 9,9%;
  • Norte - 0,0%.

Por tipologia, 46,59% da receita vem do setor industrial, enquanto 53,41% é oriundo do segmento logístico. Por ramo de atividade, se destaca o de metalurgia e siderurgia, que corresponde a 26,61%, enquanto o de química e petroquímica é de 19,98% e alimentos e bebidas, 21,46%.

Em relação ao índice de reajuste, 86,23% está no índice inflacionário IPCA, do mesmo modo que 11,33% está no INPC e 2,44% no IGP-M. Em relação ao prazo de vencimento dos contratos, se tem a seguinte diversificação:

  • 2030+: 40%;
  • 2027: 31%;
  • 2025: 17%;
  • 2028: 13%.

GGRC11 divulga resultado e dividendos do mês de setembro de 2021

Resultados e rendimentos do GGRC11

Em setembro se teve a negociação das cotas do GGR Covepi Renda na B3 com um volume diário de R$ 1,7 milhão. O volume mensal foi de R$ 35 milhões, se mantendo praticamente estável em relação ao mês de agosto.

Já a cotação do GGRC11 na bolsa de valores no último dia do mês de setembro foi de R$ 116,06, o que corresponde a uma variação nominal mensal de -1,34%. Por conta disso, se tem uma variação nominal nos últimos 12 meses de -17,10%.

Vale destacar que o fundo não tem vacância física nem financeira em seu portfólio, terminando o mês de setembro totalmente adimplente. A base de cotistas do fundo conta atualmente com 96.336 investidores. Esse número representa pessoas físicas, jurídicas e até mesmo investidores institucionais e cresceu 0,95% no último mês.

O patrimônio líquido do GGRC11 foi de R$ 1,022 bilhão. Assim, em meio a 7.758.429 cotas emitidas, se tem R$ 131,71 por cota. O valor de mercado do fundo atingiu a marca de quase R$ 900,44 milhões.