O fundo Hedge TOP FOFII 3 FII (HFOF11) por meio de sua gestora, a Hedge Investments, divulgou nesta quarta-feira (11) os resultados referentes ao mês de julho e detalhou sobre a movimentação de sua carteira. 

A gestão lembrou que durante o mês de julho de 2021, o IFIX, índice dos fundos imobiliários da B3, apresentou um retorno positivo de 2,51%, demonstrando a recuperação do setor após a queda do mês de junho. 

No que diz respeito às novas cotas emitidas pela indústria de fundos imobiliários, a gestão informou que foram captados R$ 28,0 bilhões até o encerramento do mês de julho, um volume considerado expressivo. 

Diante desse cenário, a gestora avaliou o crescimento do HFOF11, resultado tanto das “emissões de novas cotas como da valorização do seu patrimônio e incorporação dos fundos Hedge TOP FOFII e Hedge TOP FOFII 2”, ressaltou a Hedge Investments. 

Isso certamente elevou o HFOF como produto de destaque, iniciando o 1º semestre de 2021 como maior FOFII da indústria, com valor de mercado superior a R$ 2,2 bilhões, disse a Hedge Investments. 

Em relação aos seus resultados de julho, a gestão comunicou que foi de R$0,54/cota no mês de julho, sem considerar lucro com as vendas. O resultado cheio que será distribuído é de R$0,60. Confira no gráfico abaixo:

HFOF11

Movimentação da carteira

Em abril de 2021, o fundo imobiliário Cyrela Thera Corporate (THRA11), do qual o HFOF11 possui cotas, anunciou a venda de sua participação no empreendimento do FII Hedge HAAA11. 

Da venda citada, os cotistas do THRA11 receberam o equivalente a R$ 44,33 em rendimentos distribuídos e R$ 93,88 de devolução de capital entre os meses de julho e agosto. 

Como o HFOF11 detinha 768.376 cotas, o fundo o volume de R$ 106,2 mi, sendo R$4,68 mi de resultados que irão compor a distribuição ao longo do semestre e R$ 101,5 mi de principal que serão reinvestidos em outras oportunidades. 

Considerando as compras, rendimentos e vendas, o HFOF11 realizou uma taxa interna de retorno de 9,78% ao ano neste papel.

Como complemento, no mês de julho o HFOF11 realizou 2 operações de short em fundos que realizaram emissões. Na visão da gestora, operações de short - venda de ativos com o aluguel de cotas de FIIs - pode representar mais uma possibilidade de ganhos aos investidores, e na gestão do HFOF estamos atentos às oportunidades de mercado.

Observe abaixo o perfil de investimentos do fundo:

HFOF11

Conheça o HFOF11

O Hedge TOP FOFII 3 FII tem como objetivo a rentabilidade de suas cotas no longo prazo por meio do investimento em cotas de outros FII, com foco tanto dos rendimentos quanto em ganhos de capital.

Desta forma, o fundo possui R$ 2,158 bilhões de patrimônio líquido médio dos últimos 12 meses e tem aproximadamente 22.975.000 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no HFOF11, o valor patrimonial de sua cota é de R$93,93, sendo sua taxa de administração de 0,6%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).