Em comunicado apresentado aos cotistas na última segunda-feira (1), a gestão do Hedge Brasil Shopping Fundo de Investimento Imobiliário (HGBS11) informou a compra de 23,06% do Shopping Praça da Moça, em Diadema (SP). A operação de compra custou R$ 88,3 milhões aos cofres do fundo. 

O imóvel foi adquirido de forma parcelada, sendo uma entrada de R$31,802 milhões que corresponde a 36% do preço total. 

A administradora Hedge Investments ainda informou que o restante será pago em 4 parcelas semanais de R$14,134 milhões.

O HGBS11 “tomará a posse do Imóvel e passará a fazer jus a 100% (cem por cento) dos créditos decorrentes dos aluguéis e demais créditos oriundos do Imóvel, a regime de caixa, a partir da presente data”, afirmou a Hedge Investments.

A compra do fundo HGBS11 resultou no fim do HMOC11

Como consequência desta aquisição, ontem (1º de março), foi o último dia de negociação das cotas do fundo Hedge Shopping Praça da Moça (HMOC11). Como o shopping estará sob controle do fundo Hedge Brasil Shopping (HGBS11), o antigo dono do imóvel não terá suas cotas negociadas na B3.

A administradora do HGBS11 e gestora do HMOC11 reforçou que o lucro da venda do imóvel será repassado aos cotistas, de forma que o patrimônio do fundo será liquidado até o mês de abril. 

Mesmo assim, os dividendos referente ao mês de fevereiro serão pagos em março, no valor de R$1,00 por cota. 

A Hedge Investments alertou aos cotistas do HMOC11 que procurem a gestora do fundo para resolução de pendências em relação ao imposto de renda. Afinal, os cotistas deverão pagar imposto referente ao título de amortização e resgate na liquidação do fundo. 

De acordo com a Hedge Investments, “para que a Administradora, na qualidade de responsável tributária, possa apurar o eventual valor do imposto de renda sobre a parcela tributável, os cotistas deverão encaminhar à Administradora declaração informando seu custo médio de aquisição na presente data”.

Conheça o Hedge Brasil Shopping Fundo de Investimento Imobiliário 

O HGBS11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo, com prioridade dos seus investimentos na aquisição de shoppings e na rentabilização por meio dos aluguéis. 

O Fundo Hedge Brasil Shopping (HGBS11) possui patrimônio líquido de R$2,2 bilhões e tem aproximadamente 10.000.000 de cotas emitidas. O valor dos dividendos distribuídos em fevereiro foi de R$0,80 por cota. 

Para quem deseja investir no HGBS11, o preço atual da sua cota é de R$206,89 (valor atualizado dia 02/03), sendo sua taxa de administração de 0,60% a.a. sobre valor de mercado do fundo.