CSHG Logistica (HGLG11), fundo imobiliário de tijolo que investe no setor de galpões logísticos e industriais, divulgou seu relatório de resultados referente ao último mês de agosto/20.

Segundo informou o Credit Suisse, administrador e gestor do HGLG11, o fundo finalizou a 6ª emissão de cotas e captou cerca de R$ 984 milhões.

Com isso, concluiu negociações importantes no mês, adquirindo 2 empreendimentos, os quais somam juntos o valor total de aproximadamente R$ 346 milhões.

  • O primeiro ativo está localizado no município de Itupeva – SP, com área bruta locável de 58.828 m² dos quais 54.600 m² estão ocupados por 3 empresas diferentes.
  • O segundo está localizado no município de Betim – MG, com área bruta locável de 62.587 m² integralmente alugados pelo Walmart em contrato atípico até 2029.

Em relação ao ativo locado para o Walmart, atualmente o galpão encontra-se desocupado, pois a empresa utilizava para sua operação de e-commerce, que foi descontinuada no Brasil. No entanto, independente disso, o aluguel está sendo pago e o Walmart está autorizado a sublocar o imóvel a terceiros.

Por outro lado, o HGLG recebeu de volta o sinal de aquisição do imóvel descrito no prospecto de sua 6ª emissão, como (G2). A administradora informou que permanece trabalhando para conclusão desta aquisição.

Quanto ao fluxo de aluguéis de seus ativos em geral, 99% dos cobrados foram recebidos, ficando apenas um inquilino sem realizar o pagamento. Além disso, durante o mês, não recebeu pleitos dos locatários e já havia concluído todas as negociações pendentes.

Com 6ª emissão, o HGLG11 amplia seu Patrimônio Líquido (PL) para R$ 2,58 bilhões e se torna o maior FII de galpões da bolsa.

Em seus rendimentos, o HGLG11 terminou o mês com um resultado por cota de R$ 0,40 e distribuindo uma renda de R$ 0,78 (Dividendo, 0,42%, cota base R$ 182,00), o que equivale a 93% do seu resultado obtido nos primeiros meses do semestre.

Esse valor será pago na próxima terça-feira, 15 de setembro/20, aos detentores de cotas no dia 31 de agosto. Repare na figura acima que o fundo possui um resultado acumulado de R$ 0,54/cota.

Falando agora sobre o mercado secundário, as cotas do HGLG11 movimentaram cerca de R$ 107 milhões, atingindo um volume médio diário de aproximadamente R$ 5,1 milhões e registrando uma valorização de 1,1%.

 

Veja também o aumento de 18.682 novos investidores em relação a julho/20, fechando o mês com 223.439 cotistas.

Na distribuição do seu patrimônio, o portfólio terminou o mês composto por 14 ativos localizados nas regiões sul e sudeste do Brasil. Os recursos estão distribuídos da forma que apresenta a figura abaixo:

hglg11

Abaixo, o gráfico compara a série acumulada do índice de FIIs (IFIX) e CDI, em relação ao valor da cota e aos rendimentos distribuídos pelo HGLG11 desde 2010.

hglg11

CSHG Logística é um FII de renda gestão ativa que foi constituído no início de 2010 com o objeto de explorar empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas e industriais, por meio de aquisição de terrenos para construção ou imóveis com potencial geração de renda.

Destinado a investidores em geral, o HGLG11 possui 6 emissões de cotas já realizadas e uma taxa de administração de 0,6% ao ano sobre seu valor de mercado, sem adicional de performance. Nos últimos 12 meses, a variação da cota é de positivos 11,02%.

 

Quer saber mais sobre o segmento de galpões nos FIIs? Em nosso kit gratuito do investidor, detalhamos as principais características deste setor.