A administradora de fundos BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM e a gestora BTG Pactual Gestora de Recursos LTDA. do fundo imobiliário Hotel Maxinvest (HTMX11), comunicou ao mercado e aos cotistas nesta segunda-feira (31), através de fato relevante, que o fundo não realizará distribuição de rendimentos aos cotistas nesta data.

Entre os motivos que levaram a não distribuição de dividendos pelo HTMX11 está o fato das dificuldades e incertezas causadas pela pandemia. Desse modo, essas incertezas também se estendem no ramo hoteleiro, no qual o Hotel Maxinvest está incluído.

Além disso, o segundo motivo é pelo fato de o HTMX11 não ter auferido rendimento de caixa nos termos da legislação e da regulamentação aplicável. Essa aferição se refere a competência de maio de 2021.

Do mesmo que a administradora do fundo imobiliário Hotel Maxinvest afirma que “manterá os cotistas e o mercado informados acerca de qualquer alteração na situação supramencionada”. Além disso, o HTMX11 diz que permanece à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários.

Saiba mais sobre o HTMX11

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Hotel Maxinvest surgiu em 2007. O objetivo do fundo, segundo apontado em seu informativo mensal de maio, é de “aproveitar a recuperação do mercado hoteleiro da cidade de São Paulo, que se previa ocorrer nos anos subsequentes”.

Além disso, o HTMX11 diz que o “aumento na distribuição da renda dos hotéis e a valorização das unidades hoteleiras vêm garantindo ao investidor do Maxinvest uma das melhores rentabilidades do mercado de Fundo de Investimento Imobiliário durante os quatorze anos da sua existência”.

O fundo Hotel Maxinvest começou em agosto de 2011 um novo ciclo de desinvestimentos por conta da valorização de suas unidades de hotel. Vale destacar o mercado imobiliário desacelerou seu ritmo das vendas, que, segundo o fundo, ocorre por conta “do delicado momento econômico enfrentado entre os anos de 2015 e 2017”.

O HTMX11 viu então uma oportunidade de comprar algumas unidades devido aos atrativos preços comerciais dos ativos. Nessa mesma linha de pensamento, nos anos 2016 e 2019, o fundo comprou alguns para sua carteira. A carteira do fundo terminou o mês de abril da seguinte forma, levando em conta classe de ativos e região:

HTMX11 anuncia que não vai ter a distribuição de rendimentos mensal

Além disso, o HTMX11 destacou o fato de que as restrições de movimentação colocadas pelo governo e empresas por conta da pandemia impactara o setor hoteleiro de forma drástica. Esse último fato corrobora para que as vendas possam estar desaceleradas, mas pode gerar chance de novas aquisições, devido à dificuldade de caixa do mercado.