A gestão do fundo Iridium Recebíveis Imobiliários FII (IRDM11) comunicou aos cotistas nesta quinta-feira (19), os resultados referentes ao mês de julho. Com uma série de compras e vendas de diferentes ativos, a Iridium Gestão de Recursos demonstrou a movimentação da carteira do fundo, além de divulgar aumento no patamar dos dividendos.

A Iridium Gestão disse que a distribuição de rendimento referente a julho foi de R$ 1,15 por cota. Isso equivale a uma remuneração bruta de imposto de renda de 391,85% do CDI. Confira os resultados abaixo:

IRDM11

Nas contas da gestora, o resultado voltou ao patamar dos meses de abril e maio, principalmente pelo aumento IPCA de maio de 0,84%, lembrando que grande parte dos ativos do fundo estão indexados à inflação.

Confira nos gráficos abaixo a distribuição dos ativos no portfólio do fundo e seus indexadores:

IRDM11

Na verdade, a gestora destacou que o IPCA continua forte (junho com 0,53% e julho com 0,96%). Neste contexto, a alta de juros também gera impactos positivos nos ativos de crédito atrelados ao CDI, que representam 16,42% do patrimônio líquido. 

Em outras palavras, os próximos rendimentos também devem obter acréscimos nos próximos meses, haja vista que a tendência de alta dos juros está garantida até o fim do ano. 

Por fim, a gestora lembrou que o fundo segue sem nenhuma inadimplência em sua carteira, com todos os ativos pagando os prêmios com constância.

Movimentação da carteira do fundo

A equipe de gestão prosseguiu com a estratégia de investir no mercado primário de CRIs, fazendo constantes análises de novas oportunidades.. 

Nas últimas semanas, lembrou a gestora, “com o mercado de FIIs apresentando uma queda acumulada de -4,2% (de 16/07 até 12/08), o fundo está atento para iniciar aquisições oportunistas utilizando parte do caixa recebido da 10ª emissão de cotas”.

Na tabela abaixo, a gestão divulgou todas as aquisições e operações de venda tanto de CRIs quanto de cotas de FIIs:

IRDM11

IRDM11

Conheça o IRDM11

O Iridium Recebíveis Imobiliários é um fundo imobiliário de papel com investimentos em títulos de valores imobiliários. Seu maior foco é em operações no mercado de CRIs, desde que atendam aos critérios definidos na política de investimento.

O fundo possui patrimônio líquido de R$2,13 bilhões e tem cerca de 22.000.000 número de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no IRDM11, o valor patrimonial de sua cota é de R$97,28, sendo sua taxa de administração de 0,17% a.a sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).