O Fundo de Investimento Imobiliário Kinea Renda Imobiliária (KNRI11), administrado pela Intrag DTVM Ltda e gestado pela Kinea Investimentos, divulgou nesta quarta-feira (3) o seu relatório gerencial do mês de outubro, no qual descreveu seus resultados e informou sobre novas locações.

Em relação aos resultados do mês de outubro, a Kinea Investimentos informou que o fundo distribuirá o equivalente a R$0,77, mantendo constante seu patamar de distribuição. Confira abaixo:

KNRI11

Em continuidade ao cenário de melhores perspectivas para novas locações, o fundo fechou o mês de outubro com duas novas locações na carteira de inquilinos. 

Foi concluída a locação de um conjunto do Ed. Madison para a empresa Ativore Global Investments, especializada em consultoria de investimentos 

Também, foi locado um módulo do ativo Global Jundiaí para a empresa EJOT Fey, multinacional especializada em sistemas de fixação. O módulo alugado ficaria vago este mês. 

Redução da vacância do fundo

Com as novas locações citadas acima, a vacância física do KNRI11 foi para 3,27%, enquanto no mês anterior era de 3,35%. Da mesma forma, houve redução da vacância financeira, que chegou a 7,87% - ante 8,16% no mês anterior. Confira abaixo:

KNRI11

Por fim, a vacância financeira ajustada pelas carências foi para 11,81%, ante 11,92% no mês anterior. 

A gestão destacou que os referidos percentuais representam uma redução expressiva em relação ao auge da vacância observado em junho de 2021 de 13,38% (financeira) e 11,33% (física). 

Conheça o KNRI11

O Kinea Renda Imobiliária é um fundo imobiliário do tipo híbrido. Seu objetivo é gerar renda de aluguel mensal através da locação de um portfólio diversificado de prédios corporativos e galpões logísticos.

O portfólio do fundo é composto por 21 propriedades, sendo 12 edifícios comerciais e 9 centros logísticos. 

Além disso, o fundo possui patrimônio líquido de R$3,783 bilhões e tem aproximadamente   231.873 cotistas. 

Para quem deseja investir no KNRI11, o valor patrimonial de sua cota é de R$156,61, sendo sua taxa de administração de 1,25%a.a. sobre patrimônio líquido.