A administradora de fundos Genial Investimentos Corretora de Valores Mobiliários S.A., com a gestora BRPP Gestão de Produtos Estruturados, do fundo Malls Brasil Plural (MALL11), anunciou nesta quarta-feira (29) a conclusão da compra indireta de 100% do Madureira Shopping.

O imóvel adquirido pelo MALL11 indiretamente está situado na Estrada do Portela, nº 222, Madureira, Rio de Janeiro – RJ. O valor total dessa compra foi de cerca de R$ 286,177 milhões.

O valor liquidado inicialmente foi de cerca de R$ 278,23 milhões. Além disso, o fundo destacou que R$ 7,95 milhões ficaram retidos e só serão pagos ao vendedor em até 15 meses. A contagem desse prazo se inicia depois da confirmação das informações financeiras das companhias e do desempenho mínimo do Madureira Shopping.

MALL11 conclui compra indireta de 100% do Madureira Shopping

Resultado esperado pelo MALL11

A receita operacional líquida (NOI) esperada na compra do shopping para o período dos próximos 12 meses é de cerca de R$ 25 milhões. A estimativa é de um cap rate anual de 8,74% para os próximos 12 meses. O resultado da aquisição traz uma potencial distribuição anual de dividendos bruta de R$ 1,10 por cota. Esse valor já é líquido do serviço da securitização e suas despesas, levando em conta o número de cotas emitidas pelo MALL11.

As distribuições futuras de rendimentos do MALL11, segundo o fundo, estão sujeitas ao “desempenho operacional dos shoppings detidos pelo fundo, bem como à rentabilidade dos ativos financeiros aplicados com os recursos disponíveis em caixa”.

Com a liquidação da operação, o fundo vai ter direito a receber rendimentos mensais vindos do Madureira Shopping. A primeira distribuição ao MALL11, que se refere ao restante dos dias do mês de dezembro, será “proporcional à data da operação e está prevista para ocorrer no início do mês de janeiro de 2022”.

Saiba mais detalhes da compra indireta do imóvel

Além disso, a partir de janeiro de 2022 vai ter direito à totalidade do que receber o Madureira Shopping. O MALL11 diz que como é uma compra indireta, feita por ações de companhias que possuem os imóveis que fazem parte do Madureira Shopping, a gestora envidará “os melhores esforços para que tais companhias sejam liquidadas no menor prazo possível”.

Desse modo, a perspectiva é que o fundo passe a ter de forma direta os imóveis e possa usufruir totalmente de seu benefício fiscal. Importante lembrar que os recursos usados para efetivar a compra do Madureira Shopping vieram do caixa do MALL11, no valor de R$ 27,05 milhões. Além disso, também vieram de operação de securitização, representando R$ 250 milhões.

Na securitização, se emitiu um certificado de recebíveis imobiliários (CRI) no valor de R$ 260 milhões. Esse CRI tem duas séries, em que a primeira tem um volume de R$ 100 milhões com vencimento em 10 anos, corrigidos por IPCA-IBGE + 6,50% ao ano e 2 anos de carência de amortização de principal.

O MALL11 ainda destaca que o volume da segunda série é de até R$ 160 milhões, com

vencimento em 15 anos. Esses valores também são corrigidos por IPCA-IBGE + 6,50% ao ano e possui 2 anos de carência de amortização de principal.