MXRF11 – Fundo apresenta o maior resultado financeiro dos últimos 12 meses

MXRF11 – Fundo apresenta o maior resultado financeiro dos últimos 12 meses

O Maxi Renda FII – MXRF11 – fundo imobiliário de segmento híbrido, anunciou seus resultados do mês de outubro. Na sequência, sua gestão (XP Vista) disponibilizou uma nota informando que hoje (12), às 16 horas, será realizada a teleconferência de resultados do 3T19 do fundo.

Em seu relatório divulgado, a gestora comentou sobre os últimos acontecimentos. Segundo foi informado, veja os principais destaques:

Em outubro, o gestor se aproveitou de novas emissões e da volatilidade da curva de juros para reciclar parte do portfólio de papéis, alocando em CRIs de maior rentabilidade.

O documento também reiterou que os cotistas aprovaram unanimemente em assembleia geral no dia 19 de junho a proposta para a 4ª emissão de cotas do fundo, no montante inicial da oferta de R$ 300 milhões tendo a possibilidade de cotas adicionais no limite de até 20% em relação ao inicialmente ofertado. O anúncio de início foi disponibilizado ao mercado nessa última sexta-feira (08).

MXRF11 – Distribuição de rendimentos

A distribuição de R$ 0,09 por cota comunicada no último dia útil do mês de outubro
será realizada em 14 de novembro, próxima quinta-feira.

Neste segundo semestre, o fundo distribuiu um montante próximo a 78,66% dos lucros apurados segundo seu regime de caixa.

A seguir, veja a composição do resultado financeiro e a distribuição por cota dos últimos 12 meses.

MXRF11 – Liquidez

No período, com 100% de presença nos pregões, ocorreram 58.232 negociações, movimentando um volume de próximos R$ 41 milhões. Sua liquidez média diária foi de R$ 1,79 milhão e a cotação no mercado secundário fechou o mês a R$ 11,20 por cota.

MXRF11 – Portfólio de ativos

O fundo encerrou o mês de outubro com sua carteira distribuída em imóveis, crédito imobiliários, cotas de FIIs e uma parte em caixa.

A carteira de FIIs encerrou o mês de outubro com saldo de R$ 14,98 milhões. O fundo possui participação em cotas dos FIIs DMAC11, RNGO11 e BRCR11 sendo distribuídos em segmentos de lajes corporativas (34%) e residencial (66%).

Na participação dos papéis de Crédito Imobiliário, o fundo possui 51 contratos sendo sua maioria com vencimentos após 2028.

No mês de outubro houve investimento de R$ 7,87 milhões em uma nova permuta financeira. A gestão informou que trará mais informações a respeito do projeto no próximo mês.

Fundo Imobiliário Maxi Renda foi constituído em setembro de 2011 com o objetivo de obter ganhos através da aplicação em ativos financeiros com lastro imobiliário, podendo ser CRIs, Debênture, LCI, LH e cotas de FIIs, e ativos imobiliários, como imóveis comerciais e projetos imobiliários residenciais.

É atualmente administrado pelo BTG Pactual Serviços Financeiros com uma taxa de administração de 0,90% ao ano e uma participação no índice IFIX – índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários – de 1,37%.

últimas notícias