MXRF11 lidera movimentação em dia fraco no IFIX; índice fica estável

MXRF11 teve liquidez abaixo da média, em que dia movimentação mais fraca no mercado por causa do feriado municipal em São Paulo.

MXRF11 lidera movimentação em dia fraco no IFIX; índice fica estável
MXRF11 tem maior movimentação do dia - Foto: Freepik

O fundo de papel Maxi Renda (MXRF11) voltou a liderar a movimentação dos fundos imobiliários no pregão desta quinta-feira (25), em dia de liquidez mais baixa, de forma geral, por causa do feriado municipal pelo aniversário de São Paulo. O IFIX fechou praticamente estável, aos 3.324,32 pontos, apenas um centésimo abaixo da véspera, a 3.324,42 pontos.

O índice de fundos imobiliários oscilou entre a máxima de 3.228,38 pontos, logo após a abertura do pregão, e a mínima de 3.323,73 pontos durante a tarde, por volta das 16h. Desde o início da semana, o IFIX acumula queda de 0,47%.

O FII MXRF11 movimentou cerca de R$ 770,7 milhões entre compras e vendas, abaixo da véspera, quando havia sido apenas o de terceira maior movimentação, acima de R$ 820 milhões, seguido pelo FII Capitânia Securities II (CPTS11), com volume estimado em R$ 752,1 mil

Altas e baixas

O FII More Recebíveis Imobiliários (MORC11) teve os mulheres resultados do dia, com alta de 2,29%, fechando o pregão cotado a R$ 90,11. O fundo VBI Renda FOF (BLMR11) subiu 2,24%, cotado a R$ 6,84. Coincidentemente, os dois fundos estão em processo de incorporação pelo VBI Reits Multiestratégia (RVBI11).

O fundo BTG Pactual Terras Agrícolas (BTRA11) amargou a pior queda pelo segundo dia consecutivo, após anunciar uma amortização extraordinária, e fechou em queda de 4,51%, a R$ 54,99. O FII Hedge Brasil Shopping (HGBS11) caiu 1,70%, a R$ 226,28.

IFIX: como é formado o índice

A composição do valor é feita a partir do resultado da negociação de 108 fundos imobiliários que formam a carteira teórica do IFIX, modificada a cada quatro meses pela B3. A atual formação vale desde o dia 2 de janeiro e vai até o fim de abril. No primeiro dia de abril. a Bolsa divulga a primeira prévia da carteira que será adotada a partir de maio, para facilitar a movimentação de investidores.

foto: Fernando Cesarotti
Fernando Cesarotti
Editor

Jornalista.

últimas notícias