A gestão do Rio Bravo Renda Varejo (RBVA11) anunciou aos cotistas nesta última sexta-feira (03), a venda de imóvel locado pela Caixa Econômica Federal. A gestão deu maiores detalhes sobre valores, ganho de capital e prosseguimento da estratégia de reciclagem do portfólio do fundo.  

O fundo assinou uma proposta para venda do imóvel Bonsucesso, localizado em Guarulhos (SP). A Rio Bravo destacou que a efetiva “alienação do Imóvel se dará assim que concluídas algumas condições precedentes, data em que a Rio Bravo irá fornecer mais informações sobre a conclusão do negócio”.

O Imóvel citado possui contrato de locação atípico vigente até agosto de 2023. A gestão garantiu que a venda será realizada acima do custo de aquisição e 45,9% acima do valor do laudo de avaliação, elaborado em dezembro de 2020. 

Desta forma, a operação deverá gerar um ganho de capital para os cotistas de aproximadamente R$ 1,1 milhão, ou R$ 0,10 por cota. 

Na explicação da gestora, o resultado por cota considera o valor recebido pelo RBVA11 na venda, subtraído do custo do imóvel contabilizado na aquisição e de despesas incorridas na venda, inclusive comissionamento.

Obviamente, a distribuição do resultado gerado deve respeitar a legislação de distribuição de pelo menos 95% dos lucros gerados no semestre, apurados em regime de caixa. 

Sobre a operação de venda do imóvel

Em relação ao pagamento, o RBVA11 recebeu a entrada quando houve a assinatura da proposta, no valor de R$ 100.000,00. Além desta primeira parte, o fundo receberá o restante em duas parcelas: 

  • A primeira será paga após a assinatura do CCV, no valor de R$ 2.900.000,00;
  • A outra parcela será de de R$ 2.307.000,00, que deverá ser paga em até 8 meses no ato da assinatura da Escritura Definitiva do Imóvel. 

Sobre o que será feito com os recursos recebidos, a Rio Bravo disse que o montante do valor inicial do investimento será reinvestido pelo RBVA11 em ativos-alvo. 

A venda do imóvel Bom Sucesso está dentro da estratégia de venda de ativos com condições atraentes e que gerem valor ao fundo. A gestão avalia alguns fatores para calcular a melhor taxa de retorno para o investidor. Neste caso, a gestão analisa: 

  • A localização do imóvel
  • Capacidade de atrair bons locatários 
  • Potencial de rentabilização do aluguel no longo prazo 

Abaixo, a gestão mostrou o saldo para o RBVA11 em relação às seis vendas já divulgadas (Imóveis Hebraica, Juiz de Fora, Itaquaquecetuba, Quitaúna, Venda Nova e Bonsucesso), dividido entre principal (capital integralizado) e ganho de capital (resultado distribuível) das operações:

RBVA11

Diante disso, a gestão vê de forma positiva a redução da exposição no setor bancário, bem como a elevação da qualidade geral da carteira e dos locatários também são fatores importantes para a movimentação gradativa de portfólio em curso desde 2018. 

Conheça o RBVA11

O Rio Bravo Renda Varejo é um fundo imobiliário de tijolo focado no mercado de varejo e também no setor bancário. Seus investimentos se concentram na compra, venda e exploração de imóveis dos setores citados, além da aquisição de cotas de outros FIIs.

Em relação ao perfil do fundo, o mesmo possui patrimônio líquido de R$1,320 bilhões e tem cerca de 11.588.199 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no RBVA11, o valor patrimonial de sua cota é de R$113,98, sendo sua taxa de administração de 0,651%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).