A Rio Bravo, administradora do Rio Negro FII (RNGO11), comunicou nesta terça-feira (30) a rescisão de contrato de sua locatária, a empresa Assurant. No informe (fato relevante), a administradora detalhou os impactos dessa saída para o fundo e como será o contrato de locação do novo inquilino.

A Rio Bravo informou que a Assurant, empresa do ramo de seguros, optou pela rescisão antecipada dos conjuntos 31 e 32 do imóvel.

Porém, mesmo com a rescisão a empresa optou em renovar os contratos de locação dos dos outros conjuntos, a saber, o 51 e 52.

A administradora informou que a renovação foi assinada por um “período adicional de 30 meses, após o fim do contrato vigente”.

Com a renovação, o contrato que chegaria ao fim em agosto de 2023, terá nova data de vencimento, neste caso, para janeiro de 2026. O índice de reajuste permanece sendo o IGP-M. 

A administradora do RNGO11 garantiu que a Assurant “deverá permanecer nos conjuntos 31 e 32 até o mês de junho de 2021”.

Além disso, a empresa deverá arcar com as multas contratuais referente ao tempo de locação, “inclusive o pagamento dos aluguéis mensais e demais encargos locatícios”, informou a administradora. 

Para os cotistas, a multa de rescisão será adicionada aos resultados do RNGO11 dos próximos meses, pagando um dividendo de R$ 0,11/cota no segundo semestre. 

Novo contrato com novo locatário

Também, a Rio Bravo comunicou a assinatura de novo contrato de locação com as Lojas União, que ocupará o conjunto 32 do imóvel que será desocupado pela Assurant. 

A administradora reforçou que o prazo de locação do novo contrato será de 60 meses e o índice de reajuste é o IPCA. 

Desta forma, apenas o conjunto 31 estará vago após a saída da empresa de seguros. 

Por isso, a Rio Bravo afirma que os impactos nos resultados do RNGO11 no segundo semestre poderá ser de R$0,02 por cota, caso o fundo não consiga nenhum locatário para o imóvel.

A administradora fez questão de tranquilizar os cotistas em relação dos outros imóveis do RNGO11 que ainda estão vacantes. Atualmente, a vacância física do fundo é de 27,8%. 

Porém, a gestão entende que o empreendimento possui, além da localização privilegiada, uma estrutura atualizada, com infraestrutura e serviços para seus frequentadores.

Portanto, as possibilidades para preenchimento dos “espaços vazios” é muito grande. 

Conheça o RNGO11

O Rio Negro FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo, com objetivo de rentabilizar através de contratos de locação com inquilinos dos imóveis e distribuir aos cotistas do Fundo. 

O fundo possui patrimônio líquido de R$270 milhões e tem aproximadamente 2.676.000 cotistas. Referente à fevereiro, o Rio Negro FII distribuiu R$0,43 por cota.

Para quem deseja investir no RNGO11, o preço atual da sua cota é de R$64,95 (atualização 31/03), sendo sua taxa de administração está entre 0,18 e 0,24%a.a. sobre patrimônio líquido.