A Vinci Real Estate, gestora do Vinci Office FII (VINO11), comunicou na última sexta-feira (19), um novo acordo com seus locatários que busca reduzir a concentração de suas receitas e aumentar as garantias de recebimento das receitas imobiliárias. 

A gestora comunicou aos cotistas que o VINO11 “alterou as condições comerciais do contrato de locação firmado com a WeWork no Vita Corá, em São Paulo”.

Observe nos gráficos abaixo a nova distribuição dos locatários nos imóveis do fundo:

graficos vino11

A Vinci Real Estate explicou que o térreo e o 1º andar do prédio serão locados diretamente pelo VINO11 à Abril Comunicações S.A, com “contrato de locação padrão com prazo de 5 anos”, afirmou a gestora. 

De acordo com o informado, tal área abrigará a sede e um estúdio do grupo.

Já os andares acima - 4º, 5º e 6º - permanecerão locados para a WeWork. Porém, a locação será firmada com um “modelo de aluguel mínimo mais aluguel variável”.

Desta forma, o valor dos aluguéis dos dois locatários totalizará R$317 mil reais a cada mês, representando “cerca de 99% do aluguel recebido no modelo anterior”. 

"A alteração de formato gera uma redução a exposição do Fundo à WeWork no portfólio que sai de 15% para 9%", destacou também a gestão.

Os benefícios do novo "acordo

Mas não é só isso. A gestão do VINO11 também informou que o fundo terá 75% do “faturamento das receitas provenientes da operação da WeWork nesta área”. 

Em linhas gerais, essa mudança acordada com os locatários permitiu a constância na receita o que, na verdade, não estava presente no contrato anterior.

Como parte deste novo acordo entre o fundo e a WeWork, que visa minimizar eventuais riscos de crédito, a locatária em questão depositou o “pagamento antecipado do aluguel mínimo devido equivalente aos 3 anos de contrato”, ressaltou a Vinci Real Estate. 

O valor antecipado só será reconhecido como resultado caixa nos respectivos meses de competência do aluguel fixo mensal devido até o fim do contrato de locação.

Até então, a estimativa é que os cotistas recebam os mesmos R$ 0,42 a R$ 0,46 por cota estimados anteriormente. 

No entanto, a gestora não informou quanto, no longo prazo, o novo acordo com a WeWork trará ao VINO11. 

Conheça o VINO11

O Vinci Office FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seus investimentos são focados em propriedades comerciais do segmento de escritórios.

Desta forma, o VINO11 possui patrimônio líquido de R$767 milhões e tem aproximadamente 12.673.868 de cotas emitidas.

O fundo anunciou a sua distribuição de rendimentos referente ao mês de fevereiro no valor de R$ 0,45/cota, com dividend yield anualizado de 8,8%. 

Para quem deseja investir no VINO11, o preço atual da sua cota é de R$60,78 (última atualização 19/03), sendo sua taxa de administração entre 1,00 e 1,20%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).