Como saber se um fundo imobiliário é bom – Aprenda 5 passos importantes

Como saber se um fundo imobiliário é bom? Talvez essa seja a pergunta mais mencionada no mercado de FIIs.

Mais isso não é à toa. Fundo imobiliário é um investimento que tem mostrado bons números nos últimos anos. Por isso, saber se um fundo imobiliário é bom ou não, é muito importante para o investidor.

Inegavelmente, o mercado imobiliário se movimenta de acordo com a economia do pais. Basicamente é um ciclo. Por isso, existem momentos que os FIIs estão com preços abaixo do que realmente valem. Nesse sentido, isso não quer dizer que eles são ruins, pode até ser uma grande oportunidade de investimento. Devido a isso, continue lendo esse artigo e aprenda “como saber se um fundo imobiliário é bom”, para com isso, encontrar as oportunidades no mercado.

Encontrando bons fundos imobiliários

Um primeiro passo para encontrar bons fundos Imobiliários é:

 - Alinhe seus objetivos

Antes de investir é necessário sempre certificar-se de que o objetivo de investimento do FII está alinhado com o seu.

Fazendo isso, Você já começa eliminando grandes riscos para seu investimento.

Após isso, veja quais são os principais indicadores que Você deve analisar para encontrar bons FIIs:

  • Portfólio do fundo
  • Conheça o administrador do fundo
  • Múltiplos - Preço/valor patrimonial
  • Fundos com diversificação
  • Liquidez

Portfólio do fundo

Comece verificando quais são os ativos do fundo e a qualidade dos mesmos.

Alguns indicadores como cap rate, classificação rating e localização geográfica são importantes para uma boa analise.

No caso dos títulos de renda como CRI e LCI, é interessante verificar quem são os emissores, sua tabela de rentabilidade e seus contratos.

Conheça o administrador do fundo

Procure conhecer o máximo de informações possíveis sobre o administrador do fundo imobiliário que deseja investir.

Como o investimento por meio de FIIs é indireto, o administrador é quem decide quais ativos comprar ou vender, os locais, o preço a pagar ou receber pelos ativos, para quem alugá-los, suas garantias, dentre outros.

Em suma, o bom desenvolvimento de um fundo depende principalmente da qualidade e honestidade do administrador.

Múltiplos – Preço/valor patrimonial

Para saber se um FII está barato ou caro, não adianta olhar o valor de face, mas sim os seus múltiplos.

Para isso, é necessário Você analisar o P/VP (preço/valor patrimonial).

Os valores acima de 1 indicam que o preço da cota está maior que o VP do fundo. Já os valores abaixo de 1 indicam que o preço da cota está menor que o VP do fundo.

No entanto, vale lembrar que o melhor demonstração é quando o P/VP está o mais próximo de 1 possível.

Pois, valores muito abaixo podem indicar que os fundamentos do fundo talvez não sejam tão confiáveis. Já os valores muito acima podem prejudicar o rendimento, fazendo com que ele seja menor para quem entra na alta.

Fundos com diversificação

No geral, quanto mais ativos e locatários compor um fundo, mais diversificado ele será.

As chances de um FII que possui um único imóvel e um único locatário dar prejuízos é muito maior do que a de um fundo que possua, por exemplo, 10 imóveis com locatários distintos.

Liquidez 

Verifique qual é a média de negociação diária do fundo antes de se decidir pelo investimento.

Liquidez nos investimentos é muito importante, pois, facilita a troca de uma aplicação, por exemplo, caso apareça novas boas oportunidades.

Como saber se um fundo imobiliário é bom – Considerações 

built to suit fiis

Investir em fundos imobiliários não é nada difícil. A única barreira entre Você e o melhor FII é o conhecimento.

Por isso, busque aprender continuamente e não desanime. Comece com o que Você tem e crie esse hábito.

Enfim, converse sempre com pessoas que gostam de investimentos, leia os relatórios dos fundos, informe-se sobre as perspectivas do mercado imobiliário e invista consciente. Tenho certeza que dessa forma Você chegará ao caminho de como saber se um fundo imobiliário é bom ou não. Bons investimentos!

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários