FIIs ou ações? Descubra qual vale mais a pena investir

É muito comum que, ao entrarem para o mundo dos investimentos e começarem a descobrir as inúmeras possibilidades, muitas pessoas fiquem indecisas entre investir em FIIs ou Ações.

Se essa dúvida também chegou até você, não se preocupe. Nos próximos tópicos, tiraremos todas as suas dúvidas e te ajudaremos a entender se FIIs ou Ações valem mais a pena para você.

O que são FIIs e Ações?

O primeiro passo para que você consiga entender qual investimento vale mais a pena no seu caso é conhecê-los. Veja: 

Fundos Imobiliários (FIIs)

Os Fundos Imobiliários são uma forma de conseguir lucro com aluguéis e títulos desse mercado, como as Letras de Crédito Imobiliário, por exemplo.

São acessíveis e oferecem diferentes opções de investimentos gastando menos e se preocupando menos do que uma pessoa que compra imóveis físicos para alugar ou revender.

Ações

Com as ações, é possível ter participação em diversas empresas. Assim, você se torna um sócio e tem direito aos próximos lucros.

Assim, as ações funcionam como uma troca, onde a empresa capta recursos por meio de seus acionistas, expande seu negócio ou começa/termina projetos e, mais tarde, distribui os lucros.

É importante ter em mente que, quando se trata de escolher entre FIIs ou ações, não há um melhor ou pior. Tudo depende de quais objetivos você deseja alcançar, assim como da estratégia de investimentos que pretende seguir — e, por isso, é muito importante saber qual é o seu perfil de investidor.

Portanto, para te ajudar a ter uma ideia melhor em relação às diferenças entre os FIIs e as ações, listamos nos tópicos abaixo as principais vantagens de cada um. Confira:

Vantagens de investir em FIIs

fiis-ou-acoes

Uma forma mais barata de lucrar com aluguéis, sem se preocupar com inquilinos

Quem tem uma casa própria sabe que a compra não é muito barata, principalmente  considerando a situação atual do Brasil.

Além disso, no final, um imóvel pode apresentar problemas, e o custo da conservação e manutenção fica sempre para o proprietário. Sem mencionar, é claro, problemas que podem surgir envolvendo o locatário.

Investindo em FIIs, é possível obter lucros através de aluguéis sem a necessidade de comprar um imóvel físico e de uma forma muito mais acessível. Você pode começar cerca de R$100,00!

Isenção do Imposto de Renda

Uma das vantagens que mais chamam atenção quando se trata dos são os benefícios tributários desses fundos.

Na maioria dos casos, todo o retorno recebido dos FIIs é isento de Imposto de Renda, mesmo que precise ser declarado. Para saber mais, confira o Imposto de Renda dos FIIs.

Diversas áreas para investir

Quem compra um imóvel e o aluga, ou compra um terreno, constrói imóveis e os aluga, seja para famílias ou para fins comerciais, pode ter mais sensação de segurança.

No entanto, os Fundos Imobiliários oferecem opções inovadoras e que não seriam possíveis — ou acessíveis investindo no setor imobiliário da forma tradicional, como investir em shoppings.

Bons dividendos

Outro fator que chama atenção nos FIIs são os seus dividendos, que costumam ser distribuídos mensalmente e já ultrapassam os das ações.

Tendo em mente que esta também é uma remuneração livre de qualquer cobrança ligada ao Imposto de Renda, esta é apenas mais uma vantagem que cerca o retorno dos FIIs aos investidores!

Menor volatilidade e maior liquidez

Como consequência da própria divisão dos FIIs em fundos de papel, de tijolo e híbridos, além de alguns outros fatores, os FIIs são fundos com pouca volatilidade. Ou seja: eles não sofrem tanto com as constantes oscilações do mercado.

Além disso, vale pontuar que os FIIs não te mantêm preso a eles. Esses fundos não podem ser resgatados antes do cumprimento do tempo determinado, no entanto, quem deseja quitar sua participação pode vender as suas cotas para outras pessoas e sair do investimento quando desejar.

Vantagens de investir em ações

Proteção dos seus investimentos

As ações são uma boa forma de se manter protegido contra a inflação, principalmente se você pretende mesclar a renda fixa à variável como parte da sua estratégia.

Assim, você não arrisca 100% dos seus investimentos em uma área que pode sofrer alterações repentinas.

Boa fonte de renda passiva

Você já deve ter ouvido que investir é fazer o seu dinheiro trabalhar para você, certo?

A renda passiva é o resultado do “trabalho” do seu dinheiro para você. Ela se forma e acumula sozinha, e as ações são uma boa opção para buscar esse resultado.

As ações são acessíveis

Assim como os FIIs, as ações também oferecem opções bastante acessíveis. Provando, assim, o contrário do que muitos pensam — não é preciso ter rios de dinheiro para investir na Bolsa.

Maior potencial de ganho a longo prazo

As ações são uma boa pedida para quem visa ganhos a longo prazo. Afinal, conforme os anos passam, a empresa se desenvolve mais e você recebe por isso.

Além disso, é sempre bom pontuar que existe a possibilidade de valorização. Ficar com as suas ações por bastante tempo pode trazer gratas surpresas!

Melhor controle em momentos de crise

É muito comum que, durante crises, investidores vendam todos os seus papéis no momento do pânico — e, consequentemente, vendem por um valor baixo e acabam saindo no prejuízo.

Investindo nas ações a longo prazo, basta esperar. Ao invés de perder dinheiro por decisões impulsivas, você perceberá que esses momentos são passageiros e aprenderá a lidar melhor com eles.

Posso investir em FIIs e ações ao mesmo tempo?

Sim! Saiba que você não precisa, necessariamente, escolher ou FIIs ou ações. Cada um funciona à sua maneira e unir os dois, com a ajuda de um profissional, é uma boa estratégia de diversificação da carteira.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Autor

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.


Comentários