Os fundos de investimento são investimentos de qualidade – Veja porquê

Os fundos de investimento são populares entre pessoas que querem investir, mas não sabem em que aplicar seu dinheiro.

O capital dos investidores em um fundo é gerido por um administrador qualificado que toma as decisões dos investimentos. Por isso que os fundos de investimento são preferidos por pessoas que não querem se preocupar em analisar e acompanhar o mercado.

Em continuação, os fundos de investimento são formas de o investidor obter uma carteira diversificada, podendo fazer parte de grandes investimentos com pouco recurso e obter retornos bem mais atraentes que a poupança, por exemplo.

Afinal, o que são fundos de investimentos

os fundos de investimento são

Fundo de investimento é um tipo de aplicação financeira que reúne recursos de um conjunto de investidores (cotistas).

Seu principal objetivo é obter lucro com a compra e venda de títulos e valores mobiliários.

A soma de todos os recursos aplicados no fundo por seus vários investidores constitui o patrimônio do fundo.

Ao investir em um fundo, o dinheiro aplicado é convertido em cotas, as quais representam frações desse patrimônio.

Cada investidor possui um número de cotas proporcional ao valor total de seus investimentos.

Assim, quanto maior for o valor investido, mais cotas terá o investidor.

O valor da cota do fundo de investimento é calculado diariamente por meio da divisão de seu patrimônio líquido pelo número total de cotas em circulação.

O patrimônio líquido é calculado pela soma do valor de todos os ativos que constituem no fundo, descontando as obrigações.

Um fato importante a destacar é que o fundo de investimento é um tipo de aplicação financeira coletiva.

Seus recursos são utilizados para adquirir bens que pertencerão a todos os investidores, respeitando sempre a proporção de investimento realizado por cada um.

Vamos dar um exemplo:

Um investidor aplica R$ 1.000,00 em cotas de determinado fundo de investimento que, na data da aplicação, possui um patrimônio líquido de R$ 100 milhões e 2 milhões de cotas.

A partir destas informações podemos calcular:

Valor da Cota = Patrimônio Líquido / Número Total de Cotas

O valor da cota na data da aplicação: R$ 100.000.000,00 / 2.000.000 = R$ 50,00.

Número de Cotas = Valor Aplicado / Valor da Cota

O número de cotas adquiridas pelo investidor: R$ 1.000,00 / R$ 50,00 = 20 cotas.

Veja como funcionam os fundos de investimento

os fundos de investimento são

Um fundo pode colocar os recursos dos investidores em diversos tipos de aplicações como: ações, CDBs, títulos do governo, dentre muitos outros.

Há milhares de fundos no Brasil e cada um tem uma política própria de investimento.

O investidor deve acessar essa política antes de optar por determinada aplicação.

Os fundos são divididos em categorias e tipos conforme suas características principais.

As categorias são distribuídas em sete setores os quais foram elaborados pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), órgão do governo que regulamenta o mercado de capitais.

Veja quais são:

Já os tipos dos fundos levam em conta não só a sua política de investimento, mas também os fatores de risco.

Esse detalhamento é essencial para ajudar o investidor a comparar os fundos oferecidos no mercado.

Portanto, em conclusão, os fundos de investimento são excelentes formas de investir com segurança e tranquilidade. Em especial, podemos citar os fundos de investimento imobiliário, que oferecem muitas vantagens para o investidor.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários