Rentabilidade de Fundos Imobiliários – Aprenda a calcular

Para o investidor que está na dúvida de qual aplicação rende mais, digo que é interessante conhecer a rentabilidade de fundos imobiliários.

Pois não basta apenas analisar o que tem maior rendimento. É necessário analisar outros pontos importantes e a rentabilidade de fundos imobiliários é uma boa referência para essa análise.

A rentabilidade de fundos imobiliários é um conjunto de fatores que leva o investidor a ter segurança nos investimentos, e bons rendimentos. Além de seu ganho ser isento de imposto de renda, seus valores são distribuídos mensalmente, e a maioria dos fundos tem distribuído uma média de lucro líquido para o investidor acima de 100% do CDI todos os anos.

CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é a base média dos juros cobrados em operações realizadas diariamente entre os bancos.

Rendimento em Fundos Imobiliários

rentabilidade fundos imobiliários

Fundo imobiliário é um tipo de investimento muito interessante.

Em nossa cultura brasileira o investidor aprendeu a investir em imóveis através da compra na forma física, como uma casa ou apartamento.

Entretanto, os fundos imobiliários são formas rápidas e rentáveis para aplicar neste setor.

Esse investimento é muito atraente, pois, o rendimento em fundos imobiliários é uma excelente forma de acumular patrimônio e de multiplicá-lo, isso, se bem realizado.

Nessa linha, os fundos imobiliários, por sua característica de rendimento mensal, são muito mais indicados para quem quer viver de renda ou alcançar a independência financeira.

Porém, é valido lembrar que, a rentabilidade dos fundos imobiliários varia. Afinal, os lucros dependem de diversos fatores como, situação do setor, da composição do patrimônio e do valor das cotas.

Geralmente, os fundos que possuem imóveis bem localizados tendem a gerar retornos mais atrativos do que aqueles que estão em regiões mais afastadas.

Além do rendimento que podem gerar as cotas, os fundos imobiliários pagam aluguéis mensais, porém, eles estão sujeitos às oscilações.

Outro ponto positivo é que, quando o imóvel está totalmente alugado, os rendimentos são mais altos do que em épocas que os inquilinos saem.

É interessante lembrar que, os fundos imobiliários têm rendimento isento de tributações, atribuindo para si uma excelente vantagem.

Com isso, o rendimento de fundos imobiliários se destaca nos mais diversos tipos de investimentos. Pode ser uma aplicação segura e ter uma rentabilidade muito interessante.

Como calcular a rentabilidade do fundo imobiliário

rentabilidade fundos imobiliários

O rendimento de fundos imobiliários é bem simples de determinar. Veja o exemplo:

Vamos supor que o valor da cota está R$100,00 e os proventos gerados pelos aluguéis foram de R$1,00 por cota.

Logo, ao dividir, 1/100, a sua rentabilidade será, portanto, de 1%.

Porém, como o valor da cotação está sujeito à volatilidade do mercado, o ideal é fazer essa conta em um período maior, ou seja, ao analisar o rendimento dos Fiis, é necessário checar o histórico completo do fundo desejado.

Bons fundos imobiliários costumam ter rentabilidade de 0,75% até 1% ao mês.

Definitivamente, o rendimento é e sempre será o principal motivo que leva o investidor a investir.

Pois não haveria sentido fazer um investimento por um determinado tempo e não obter um prêmio no final.

Contudo, a rentabilidade de fundos imobiliários oferece grandes retornos ao investidor, o que faz valer a pena aprender um pouco mais sobre essa modalidade de investimento.

Marcos Baroni
Marcos Baroni Especialista em FIIs (Suno Research)

Marcos Baroni é especialista em Fundos Imobiliários. Professor há 20 anos em cursos de Graduação e MBA nas áreas de Gestão de Projetos e Processos.

Comentários