Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11), também conhecido como “Alzirão”, fundo imobiliário gerido pela Alianza e administrado pelo BTG Pactual, divulgou seu relatório mensal referente aos resultados do mês de julho/20, apresentando os seguintes destaques:

  • Em meio sua 3ª emissão de cotas, foram subscritas e integralizadas 1.038.979 cotas (R$ 116 milhões) pelos atuais cotistas após os períodos de direito de preferência e obras, restando o total de 579.581 cotas (R$ 64 milhões), que estão sendo ofertadas a investidores profissionais;
  • Os recursos totais captados, em conjunto com o caixa disponível da 2ª emissão de cotas, serão investidos na aquisição de imóveis de um pipeline em avançado estágio de negociação;
  • Gestora mantém decisão de renúncia à taxa de gestão até a alocação dos recursos da 2º emissão, agora em conjunto com os recursos da 3º emissão;
  • A redução do rendimento distribuído (de R$ 0,62 de junho para R$ 0,59 de julho) deve-se principalmente ao fato de que, em junho, houve o pagamento adicional de parcela retida de rendimentos de maio, fato que não se repetiu neste último mês.

Nos rendimentos, o valor a ser distribuído pelo fundo será de R$ 0,59 por cota e ocorrerá no dia 25 de agosto, representando um rendimento anualizado de 5,55% sobre o valor de fechamento da cota no dia 13 de agosto (R$ 127,50).  A figura abaixo mostra a distribuição de rendimentos por cota dos últimos meses:

alzr11

No mercado secundário, as cotas do ALZR11 apresentaram um aumento no volume médio diário de negociação, passando de R$ 1,5 milhão em junho/20 para R$ 1,8 milhão em julho/20, conforme figura abaixo:

Na composição de seu portfólio, seus investimentos são todos em imóveis, sendo 48% em galpão logístico/industrial e 52% em edifício comercial.

O fundo possui 7 empreendimentos localizados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, todos com contratos atípicos, não apresentando vacância.

O vencimento médio dos contratos atípicos é de 7,7 anos.

Abaixo, o gráfico compara a série histórica acumulada do índice de FIIs (IFIX) em relação ao valor da cota+rendimentos distribuídos e um CDI líquido de imposto de renda (15%), desde o início do ALZR11.

Como vem acontecendo desde seu IPO, o número de investidores no fundo cresceu novamente em julho, alcançando 58.979 cotistas ao término do mês e representando 11,4% a mais de cotistas diante da quantidade apurada em 30 de junho.

O objeto do ALZR11 é o investimento em empreendimentos imobiliários não residenciais (exceto hospitais e plantas industriais pesadas), com a finalidade de locação por meio de contratos atípicos, ou seja, propriedades alugadas para grandes empresas por meio de operações de Built-To-Suit (BTS) e Sale&LeaseBack (SLB).

O SLB é um transação na qual um determinado empresário vende sua propriedade para outro e, em seguida, arrenda essa propriedade (aluga a mesma), normalmente por longos prazos, mínimo de 10 anos.

 

FIInforma. Um conteúdo sob medida para você ter mais resultados investindo em FIIs.