A gestão do FII BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11), detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado quarta-feira (23), a performance do fundo no mês de maio. Desta forma, a gestora BTG Pactual Gestora de Recursos publicou os resultados do FII e também fez uma análise otimista da conjuntura econômica.

Em relação aos resultados, a gestão divulgou que o BCFF11 distribuiu R$ 0.50 por cota. Confira abaixo os resultados do fundo:

BCFF11

Este valor representa um dividend yield de 7,0% ao ano, com base na cota de fechamento do mês, ou ainda o equivalente a 228% do CDI para o período, destacou a BTG Pactual Gestora de Recursos. No gráfico abaixo, a gestora detalhou a composição do rendimento do fundo nos últimos meses:

BCFF11

Como complemento, no mês citado foi finalizada a 10ª emissão de cotas do BCFF11, com a captação de R$392 milhões, De acordo com a equipe gestora, boa parte desse valor já foi investido pelo fundo e sua totalidade já comprometida com novos investimentos.

Breve análise da conjuntura econômica

Para explicar os resultados do fundo, a gestão fez uma breve explicação sobre o contexto econômico atual. A gestora lembrou que o “cenário externo seguiu favorável no último mês, desta vez em razão dos fortes indicadores econômicos reportados pelos países da europeus, seguindo o caminho trilhado pelos EUA com o processo de reabertura econômica”. 

No tocante à conjuntura brasileira, a revisão do crescimento econômico positivo surpreendeu até os analistas de mercado, com o PIB do primeiro trimestre com um crescimento de 1,2%. 

Por outro lado, os dados inflacionários também foram revisados, mas para cima, com “o IPCA atingindo 5,82%, se distanciando ainda mais da meta do Banco Central”, reforçou a gestora. 

Diante disso, a BTG Pactual Gestora de Recursos segue otimista com a recuperação econômica do nosso mercado, mas ainda cautelosa com “indicadores macroeconômicos que influenciarão o desempenho do mercado como um todo”. 

Movimentação do portfólio

Em relação aos fundos de CRI, o BCFF11 realizou investimentos relevantes nesse segmento - ainda que menor que nos meses anteriores - com destaque à participação em ofertas restritas e ancoragem para criação de novos FIIs de CRI. 

“FII’s de CRI tornam a carteira do Fundo defensiva tanto para a abertura da curva de juros quanto para a alta dos índices de inflação e, nesse momento, seguem apresentando uma relação atrativa de risco e retorno”, lembrou a gestora. 

Também, o fundo prosseguiu com suas alocações no setor de lajes corporativas, principalmente com a participação no EZTB e RE Prime, ambos detentores da EZ Tower, ativo AAA em uma das melhores regiões de São Paulo e com um dividend yield de 8.6% a.a. 

Por outro lado, no setor de contratos atípicos, o BCFF11 reduziu sua participação, realizando operações com ganho de capital. E o setor de FIIs de shoppings foi o de menor participação do BCFF11 no mês de maio.

Fechando as contas, o fundo possui 13% de recursos em caixa, em razão da 10ª emissão de cotas, encerrada em maio. 

Conheça o BCFF11

O FII BTG Pactual Fundo de Fundos Imobiliários tem como objetivo principal a aquisição de cotas de outros FIIs, bem como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e outros títulos de renda fixa.

O fundo possui patrimônio líquido de R$ 2,11 bilhões e tem aproximadamente 25.218.551 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no BCFF11, o valor patrimonial de sua cota é R$85,50 . Sua taxa de administração é de 0,150% sobre patrimônio líquido (mínimo R$ 25.000,00 mensais corrigido pelo IGPM).