O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ sexta-feira‌ ‌(5)‌ ‌em queda de -0,02%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.654,89 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ novembro ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ -0,77%‌ ‌e‌ -7,49%,‌ ‌respectivamente.‌  

Também, o ‌‌índice‌‌ ‌‌‌‌SUNO30‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌em‌‌ queda de -0,12%‌ ‌‌e‌‌ ‌96,00 pontos.‌‌ ‌‌Veja‌‌ ‌‌na‌‌ ‌‌tabela‌‌ ‌‌‌abaixo:‌‌

fechamento fiis

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

HGLG11 desiste de compra de terreno em Cajamar

A Credit Suisse, gestora do CSHG Logística FII (HGLG11), comunicou nesta sexta-feira (5) aos seus investidores, a desistência da compra de terreno em Cajamar, sem explicar as razões para a decisão. 

O fundo firmou Distrato ao Memorando Vinculante de Entendimentos, que foi celebrado em 20 de julho de 2021. 

O objetivo do documento é, basicamente, especificar as principais condições comerciais com relação a uma operação de compra da totalidade das ações de emissão de uma sociedade de propósito específico de um terreno localizado na cidade de Cajamar. 

Tal aquisição envolveu a participação de 89% do imóvel citado. A referida operação refere-se à construção de um complexo de galpões logísticos com área bruta locável total projetada de aproximadamente 197.000 m². 

Até então, o projeto já estava aprovado perante os órgãos competentes. O terreno e a futura construção estavam descritos no Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária de Cotas da Sétima Emissão do CSHG Logística. 

Porém, com a assinatura do distrato encerra-se a relação do fundo com esse projeto. A gestora não explicou porque o HGLG11 decidiu não dar continuidade à compra do terreno. 

O CSHG Logística FII tem por objeto a exploração de empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas e industriais, por meio de aquisição de terrenos para sua construção ou aquisição de imóveis em construção ou prontos, para posterior alienação, locação ou arrendamento. 

XPIN11 fará operação de securitização para pagar novo imóvel

O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário (XPIN11), representado por sua gestora XP Vista Asset Management, comunicou aos seus cotistas nesta última sexta-feira (5) a compra de novo imóvel. Uma das formas de pagamento será a emissão de um CRI.   

O fundo celebrou a Escritura Pública de Cessão de Direitos Expectativos de Propriedade com MV CONSULTORIA, por meio do qual adquiriu o Edifício Tucano em Jarinu, São Paulo. Atualmente, o Edifício Tucano está 75,63% locado, na modalidade típica. Veja na imagem abaixo:

XPIN11

O preço total de aquisição dos Imóveis foi de R$ 103.145.991,01 com pagamento programado da seguinte forma: 

  • R$ 93.145.991,01 à vista, com recursos disponíveis no caixa do XPIN11 e decorrentes da emissão e liquidação, de Oferta Pública
  • Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários da True Securitizadora S.A., lastreados nos créditos imobiliários decorrentes de contratos de locação vigentes de imóveis de titularidade do Fundo (CRI); 
  • R$ 10.000.000,00 será pago em uma parcela única em 31 de agosto de 2022, corrigido pela variação acumulada e positiva do IPCA/IBGE

O valor total da emissão dos CRI foi de R$ 95.400.000,00, ainda sujeito aos descontos das despesas de emissão, na forma prevista nos documentos da oferta, com prazo de 180 meses. 

Valor de emissão do CRI e prêmio de locação

O valor de emissão dos CRI será corrigido pela variação acumulada do IPCA/IBGE, com carência em relação aos 12 primeiros meses, acrescida de uma sobretaxa equivalente a 6,50% a.a. 

Além disso, durante 10 meses a vendedora pagará um prêmio de locação sobre a área atualmente vaga do Edifício Tucano. 

Estima-se que os rendimentos base caixa totais provenientes da receita de locação do Edifício Tucano, considerando o recebimento do prêmio de locação, e líquido dos juros mensais do serviço da dívida do CRI serão de, aproximadamente, R$ 0,2565 por cota nos próximos 12 meses. 

O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário tem como objetivo a obtenção de renda e ganho de capital por meio da compra de ativos imobiliários industriais ou logísticos. Isso inclui imóveis que estão em construção ou imóveis prontos para venda, locação ou arrendamento.

XPLG11 compra área locada para Leroy Merlin 

A XP Asset Management, gestora do XP Log FII (XPLG11), comunicou nesta sexta-feira (5) aos seus investidores, sobre compra de novo imóvel. O fundo receberá um prêmio de locação durante 26 meses. 

O contrato de compra foi assinado com a Cajamar Investimentos Imobiliários e Cajamar II Investimentos Eireli, para a compra da fração ideal de 5,5% de imóvel em Jundiaí-SP.

Confira na imagem abaixo:

XPLG11

O imóvel em questão está atualmente locado para a Leroy Merlin, do direito de expansão, para acréscimo da área construída em aproximadamente 21.348,77 m² no complexo logístico ocupado pela Locatária em Cajamar. 

O contrato de locação é do tipo “Built To Suit”, ou seja, o imóvel é “feito sob medida” para o inquilino. 

A área do imóvel que está em expansão para atender as necessidades da Leroy Merlin, ficará pronta no quarto trimestre de 2022, sendo certo que, a partir da referida entrega, passará a vigorar o aluguel relativo à “nova área”. 

Forma de pagamento do imóvel

O XPLG11 pagará o preço total de R$ 80.069.771,33 pela aquisição da “Área de Expansão” da seguinte forma: 

  • o valor de R$ 15.935.185,29 foi pago nesta data pelo XPLG11; 
  • o valor de R$ 62.324.778,31 (segunda parcela) será paga após a verificação mensal da manutenção de certas condições precedentes, em parcelas mensais 
  • o valor de R$ 1.809.807,73  como 3ª parcela que será pago em até 5 dias úteis contados do cumprimento de condições precedentes pactuadas entre as partes.

Estimativa de retorno aos cotistas

Como complemento, as vendedoras realizarão pagamento ao XPLG11 de prêmio de locação em 16 parcelas mensais e consecutivas, sendo certo que a primeira parcela deverá ser paga em 5 dias úteis contados da presente data e as demais serão pagas nos próximos meses.

A gestora deixou claro que a nova aquisição atende integralmente à Política de Investimento do fundo e reforça a estratégia de comprar imóveis de vocação logística em localizações relevantes e com especificações técnicas de qualidade. 

Estima-se que os rendimentos provenientes do prêmio de locação serão de aproximadamente R$ 0,05 por cota no total de 12 meses. Obviamente, esses valores são apenas estimativas, não são garantidos pelo fundo. 

O XP Log FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo com foco no mercado de galpões logísticos. Além disso, o XP Log FII possui investimentos em aplicações financeiras e em outros FIIs.