O‌‌ ‌‌‌‌IFIX‌‌‌‌ ‌fechou‌ ‌‌a‌‌ ‌‌última‌‌ quinta-feira‌‌ ‌‌(13)‌‌ ‌‌em‌ ‌alta‌ ‌de‌ ‌0,01%,‌‌ ‌terminando‌ ‌‌o‌‌ ‌‌dia‌‌ ‌‌em‌ ‌2.764,60 ‌pontos.‌‌ ‌‌No‌‌ ‌‌acumulado‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌mês‌‌ ‌‌de‌‌ ‌janeiro‌ ‌‌e‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌ano‌‌ ‌‌de‌‌ ‌‌2022,‌‌ ‌‌a‌‌ ‌‌variação‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌índice‌‌ ‌‌é‌‌ ‌‌de‌‌ ‌-1,43%‌‌ ‌‌e‌‌ ‌-1,43%,‌‌ ‌‌respectivamente.‌‌ ‌ ‌

Confira‌ ‌as‌ ‌principais‌ ‌notícias‌ ‌do‌ ‌mercado‌ ‌de‌ ‌FIIs:‌ 

HSML11 confirma aquisição do Shopping Paralela em Salvador-BA

O Fundo de Investimento Imobiliário HSI Malls (HSML11), com gestão da HSI Hemisfério Sul, divulgou nesta quinta-feira (13) por meio de fato relevante, a aquisição de novos ativos para seu portfólio. 

O fundo concluiu compra de 100% das ações da REC 2017 Empreendimentos e participações, sociedade proprietária dos seguintes ativos: 

  •  de 51% do imóvel Shopping Paralela, localizado no município de Salvador – Bahia
  • de 100% da área de expansão do ativo, que conta com a Unime, faculdade do grupo Cogna, como locatária sob um contrato de locação Built to Suit

Desta forma, a aquisição representa um acréscimo de área bruta locável (ABL) própria ao Fundo de 37.804 m² e o preço de aquisição dos ativos foi de R$ 432.721.212,00. 

Com as novas aquisições, o fundo contará com 6 ativos e um total de ABL própria de cerca de 166.000 m² , com presença em 4 Estados (Alagoas, Bahia, Acre e São Paulo), tendo o HSML11, em todos eles, uma posição de controle. 

Forma de pagamento

O fundo fez de uma operação de securitização de recebíveis, estruturada de forma que duas parcelas são liquidadas nesta data e mais três parcelas foram assumidas pelo HSML11, totalizando um montante de R$ 484.249.189.

Em outras palavras, para arcar com os custos da compra, o fundo emitiu um Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) para pagar a nova aquisição. 

Por fim, a gestora avisou que os ativos serão administrados pela Saphyr Administradora de Centros Comerciais LTDA, empresa pertencente ao grupo HSI.

O HSI Malls como objetivo a obtenção de renda e ganho de capital, mediante investimento em imóveis ou direitos reais sobre imóveis prontos do segmento de Shopping Centers. 

HTMX11 vê melhora no setor hoteleiro, mas continua sem pagar dividendos

O Fundo de Investimento Imobiliário Hotel Maxinvest (HTMX11), administrado pelo BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM, divulgou nesta quinta-feira (13) por meio de relatório gerencial, informações sobre seus ativos. Mesmo assim, o fundo ainda não pagará proventos este mês. 

O fundo produziu um resultado de R$ 0,15 por cota, somado ao lucro da aplicação financeira R$ 0,0101. 

Porém, a gestora disse que o HTMX11 ainda acumula um prejuízo de (R$ 3,0773) por cota, somando os resultados do fechamento de março/20 a dezembro/21. Portanto, não haverá distribuição. Confira:

HTMX11 fiis

Melhora nos indicadores do fundo

A gestora disse que a carteira do Fundo Maxinvest apresentou em novembro de 2021 uma taxa de ocupação de 64% e uma diária média de R$381, registrando o melhor desempenho do FII Maxinvest desde o início da pandemia. 

Desta forma, a gestora comentou que a movimentação da cidade em virtude do evento da Fórmula 1, entre os dias 12 e 14/11, bem como a gradual recuperação do segmento corporativo ajudou na movimentação de seus ativos. 

Em virtude da melhor performance, 10 hotéis realizaram o pagamento de aluguel no mês analisado e outros 4 iniciaram a devolução do aporte, solicitado no decorrer da pandemia. 

Mesmo assim, os demais prédios que compõem a carteira do HTMX11 ainda apresentam prejuízo acumulado e utilizam o resultado positivo para quitar esse saldo e, por isso, ainda não conseguem realizar distribuição de lucros. 

O gráfico abaixo apresenta a variação da renda distribuída pelos hotéis que integram a carteira do HTMX11. Confira:

HTMX11 fiis

A distribuição realizada em novembro de 2021 apresentou um aumento na comparação com novembro de 2020, uma vez que apenas 01 hotel da carteira realizou distribuição de lucro no mesmo período do ano passado. 

Por fim, a gestão informou no final de 2021, 14 empreendimentos realizaram distribuição de lucros. Como informado anteriormente os demais hotéis ainda apresentam prejuízo acumulado e por isso não conseguiram realizar distribuição

Entretanto, a gestora destacou que os empreendimentos já vêm apresentando resultado positivo, em sua maioria. 

O HTMX11 se iniciou em 2007 com objetivo de recuperar o mercado hoteleiro da cidade de São Paulo. Além disso, o fundo ressalta que o “aumento na distribuição da renda dos hotéis e a valorização das unidades hoteleiras vêm garantindo ao investidor do Maxinvest uma das melhores rentabilidades do mercado de FII durante os quatorze anos da sua existência”.