O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ sexta-feira‌ ‌(18)‌ ‌em alta 0,02%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.813,31 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ ‌junho ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ -0,11%‌ ‌e‌ -1,98%,‌ ‌respectivamente.‌ ‌

 ‌Também,‌ ‌o‌ ‌índice‌ ‌‌SUNO30‌‌ ‌fechou‌ ‌em‌ alta de 0,04% ‌e‌ ‌102,74 ‌pontos.‌ ‌Veja‌ ‌na‌ ‌tabela‌ abaixo:‌ 

fechamento 18-06 fiis

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

ALZR11 informa resultados e informa sobre emissão de cotas

A gestão do Alianza Trust Renda Imobiliária FII (ALZR11), demonstrou em seu Relatório Gerencial divulgado na nesta sexta-feira (18), os resultados do fundo referente ao mês de maio. Também, a gestora Alianza Gestão explicou sobre o que será feito após 4ª emissão de cotas.

A gestão informou que distribuirá o valor de R$ 0,67 por cota referente ao resultado do mês de maio. Confira na tabela abaixo: 

ALZR11

Já no mercado secundário, o volume médio diário de negociação no mês foi de R$ 1,0 milhão. A gestora reforçou que isso vem acontecendo consistentemente desde o IPO. 

Como consequência, a base de investidores no ALZR11 cresceu, chegando a 89.125 cotistas em 31/05, representando um aumento de 1,8% em relação a abril. Observe no gráfico abaixo:

ALZR11

Desta forma, a gestão destacou que  no mês de junho foi realizada a 4ª emissão de cotas do ALZR11, para a captação de até R$ 226.840.000,00, por meio da emissão de 2 milhões novas cotas. 

De acordo com a Alianza Gestão, “os recursos obtidos com a oferta serão aplicados majoritariamente na aquisição de novos ativos imobiliários e pagamento de obrigações”. Confira abaixo:

  • Pagamento de ativos imobiliários, sendo o primeiro um Sale&Leaseback da Pandurata/Bauducco e o segundo, um Built-To-Suit da FEMSA; 
  • pagamento de parcela de aquisição do Imóvel Decathlon; 
  • potencial integralização de capital adicional no Alianza Digital Realty FII; 
  • compra outros ativos e reserva de caixa. 

Por fim, a gestora informou que os investidores participantes da oferta restrita será de R$ 0,70 por cota, considerando a alocação de todos os recursos nos ativos citados anteriormente. 

O Alianza Trust Renda Imobiliária FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo (híbrido), que possui diferentes tipos de investimentos no setor imobiliário. 

ARCT11 comprará novo imóvel para o fundo

A Riza Asset Management, gestora do Riza Arctium Real Estate (ARCT11), comunicou por meio de fato relevante nesta última sexta-feira (18) a compra de novo imóvel para o fundo. Além disso, a gestão do fundo apresentou os valores e detalhou todo o processo de aquisição do ativo. 

O fundo assinou um Compromisso de Compra e Venda para aquisição de um imóvel localizado em Caucaia-CE, mas especificamente na Rodovia BR 020, nº 527. 

A gestão informou que a compra do galpão será realizada por meio de uma operação de Sale and Leaseback - sendo que o vendedor se tornará o inquilino - pelo valor total de R$ 16.500.000,00. 

Na sexta-feira, o ARCT11 desembolsou o valor de entrada, equivalente a R$ 4.237.467,49. O valor restante será pago “à medida que as condições resolutivas previstas no Compromisso de Compra e Venda forem superadas”, afirmou a Riza Asset. 

Neste caso, o imóvel terá um contrato de locação no formato Sale and Leaseback. E o prazo de locação com o inquilino está firmado para 120 meses no valor mensal de R$ 123.750,00 

Por fim, a Riza Asset destacou que a nova aquisição terá um impacto positivo de R$ 0,08 por cota, além do pagamento do prêmio para manutenção da opção de compra. 

O Riza Arctium Real Estate é um fundo de tijolo (galpão) que tem como objetivo de comprar imóveis e alugá-los para o antigo proprietário por um período mínimo de 5 anos.

VIUR11 após seu IPO, adquire novo imóvel para portfólio

O fundo de investimentos imobiliários, Vinci Móveis Urbanos (VIUR11), administrado pela BRL Trust e com gestão da Vinci Real Estate, informou na última sexta-feira (18) a aquisição de um novo imóvel para o fundo. 

A compra se refere à totalidade do Grande Center, centro comercial localizado na Rua Grande, principal calçadão de comércio de São Luís, estado do Maranhão. 

Neste caso, o preço de aquisição do imóvel foi de R$ 37 milhões que, abatido do saldo atualizado da dívida existente na companhia dona do imóvel e que será quitada em um horizonte de até 12 meses, resultou em um desembolso pelo VIUR11 de R$ 15,9 milhões. 

Esta transação representa um cap rate estimado pela gestão de 10,8% para os próximos 12 meses, considerando o valor de aquisição do imóvel de R$ 37 milhões.

Como complemento, a gestora destacou que a receita operacional líquida (NOI) esperada para os próximos 12 meses é de cerca de R$ 4,0 milhões, o equivalente a um valor aproximado de R$ 0,12/cota ao mês. Obviamente, esses valores são apenas estimativas, não apresentando garantia de retorno. 

Por fim, a Vinci Real Estate destacou que o imóvel comprado é um centro comercial com cerca de 7.500 m² de área construída, distribuídos em 3 pavimentos, e locado até maio de 2033 para a Lojas Le Biscuit S.A. (Le Biscuit), sendo que até maio de 2026 na modalidade atípica. 

O VIUR11, de acordo com seu regulamento, tem por objetivo obtenção de renda, mediante a aplicação de recursos correspondentes, a, no mínimo, 2/3 (dois terços) de seu patrimônio líquido em imóveis, para obtenção de renda, seja pela locação, arrendamento, exploração do direito de superfície ou alienação, incluindo por meio de contrato “atípico”, na modalidade built to suit ou sale and leaseback.