O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ quinta-feira‌ ‌(30)‌ ‌em 0,57%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.715,67 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ setembro ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ -1,5%‌ ‌e‌ -5,63%,‌ ‌respectivamente.‌

Também, o ‌‌índice‌‌ ‌‌‌‌SUNO30‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌em‌‌ alta de 0,51%‌ ‌‌e‌‌ ‌98,76 pontos.‌‌ ‌‌Veja‌‌ ‌‌na‌‌ ‌‌tabela‌‌ ‌‌‌abaixo:‌‌ ‌ 

fechamento fiis

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

BTLG11 mostra resultados, mudança em sua carteira e cancelamento de oferta

A gestão do BTG Pactual Logística FII (BTLG11) comunicou aos cotistas nesta última quinta-feira (30),sobre resultados e rendimentos referentes ao mês de agosto. Além disso, a gestão explicou sobre novos locatários, venda de ativos e cancelamento de emissão de cotas.

Referente ao mês de agosto, o BTLG11 distribuiu R$ 0,72 por cota aos seus investidores, representando assim um dividend yield de 8,19% com base na cota de fechamento do mês. Confira na tabela abaixo:

BTLG11

A gestora disse que em 24 meses o retorno é de 24,0%, enquanto o IFIX performou 3,4% no mesmo período. 

Desta forma, a gestão informou que em virtude do recebimento da parcela intermediária de R$ 40 milhões no dia 23 de agosto de 2021, o resultado sofreu um impacto positivo e não recorrente. 

Neste caso, essa parcela gerou um lucro de R$ 17,9 milhões, que representa R$ 1,18 por cota.Porém, o lucro referente a venda continuará a ser distribuído ao longo do semestre. 

Movimentação de locatários 

Em agosto o fundo teve uma movimentação de locatários, referente ao ativo BTG Log Hortolândia. 

A medida que os módulos 15 e 16 foram devolvidos, a gestão disse que foram feitas duas expansões se concretizando nos módulos 05 e 06. Por isso, a vacância do não se alterou. 

A Gestora vem trabalhando ativamente para zerar a vacância do BTLG11, que hoje está concentrada apenas no ativo Hortolândia. Paralelamente, o fundo está em processo de revisão dos valores de locação dos imóveis recém adquiridos.

Confira abaixo o perfil dos ativos do fundo:

BTLG11

Venda de ativos e cancelamento de emissão

Já no mês de setembro, o BTLG11 realizou a venda dos ativos Itambé e Supermarket. Com isso, concluiu-se a alienação de 100% destes ativos. 

Outro fato importante foi o cancelamento da 11ª emissão de cotas do BTLG11. Sendo assim, as 211.622 cotas subscritas no Direito de preferência foram canceladas com pagamento da retração no valor de R$ 109,93/cota no dia 16 de setembro. 

O BTLG11 é um fundo imobiliário de tijolo com objetivo de obtenção de renda e ganho de capital por meio de investimentos em imóveis destinados a operações de armazéns logísticos e plantas industriais. 

HGLG11 confirma compra de imóvel logístico por meio de operação de securitização

A Credit Suisse, gestora do CSHG Logística FII (HGLG11), comunicou aos seus investidores que concluiu a compra de ativo em São Paulo utilizando recursos do fundo e uma operação de securitização.

O adquiriu os direitos aquisitivos de um imóvel logístico multiusuário com área bruta locável de 79.642 m² e 100% (cem por cento) locado para empresas de grande e médio porte. Confira abaixo a imagem do imóvel:

HGLG11

Como informado em fato relevante anterior, havia a possibilidade de, condicionada ao cumprimento de determinadas condições precedentes, a aquisição ser concluída com uma operação de securitização. 

Tais condições foram adequadamente cumpridas e, portanto, a conclusão da aquisição foi finalizada com tal operação.

Desta forma, o valor final recebido pelo vendedor até essa data foi de R$ 181.299.929,81, equivalente a R$ 2.276,44/m². 

O pagamento foi feito em 3 parcelas: 

  • Parcela à vista: o valor de R$ 60.000.000,00 
  • Parcela de Securitização: o saldo líquido da Operação de Securitização no valor de R$ 108.695.936,77 recebidos pelo vendedor nesta data; 
  • Parcela Remanescente: o valor de R$ 12.603.993,04 pagos nesta data.

O valor das somas dos aluguéis cobrados é de R$ 1.392.781,94, o equivalente a aproximadamente R$ 0,07 (sete centavos) por cota. Dessa forma, inicialmente a operação possui um Cap Rate de 9,2% (nove vírgula dois por cento).

O Imóvel está 100% locado para as empresas: 

  • Electrolux do Brasil S.A. 
  • Muvx Indústria Plásticas Ltda
  • Mercado Envios Serviços de Logística Ltda. 

O CSHG Logística FII tem por objeto a exploração de empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas e industriais, por meio de aquisição de terrenos para sua construção ou aquisição de imóveis em construção ou prontos, para posterior alienação, locação ou arrendamento. 

PATL11 informa resultados e explica vendas e aquisições

O FII Pátria Logística (PATL11), com gestão da Pátria Investimentos, divulgou nesta sexta-feira (27) os resultados e rendimentos do mês de julho. Como complemento, o fundo detalhou sobre a compra de dois imóveis logísticos. 

Referente ao mês de agosto, o PATL11 distribuiu o valor de R$ 0,57/cota aos investidores. A expectativa da gestão é manter o patamar de R$ 0,57/cota pelo menos até o final do ano de 2021. Confira na tabela abaixo:

PATL11

A gestão disse que o valor referente à renda mínima garantida sobre a área vaga do imóvel de Ribeirão das Neves sofreu reajuste por IPCA do período. Isso resultou em pequeno aumento da receita imobiliária do fundo. 

Também, o fundo reduziu suas receitas em FIIs por conta do desinvestimento parcial de cotas para realizar a aquisição dos imóveis Jundiaí.

Movimentação de portfólio

O fundo confirmou a venda de 100% do Imóvel Solística, e a assinatura da escritura de efetiva alienação de 100% do Imóvel Postall. Na estimativa calculada pela gestão, as duas vendas geraram um cap rate por volta de 8,3%. 

Da mesma forma, a gestão espera que as vendas impactem positivamente os dividendos do fundo em até R$ 0,02 a partir de 2022.

Como complemento, o fundo também fez aquisições, com a compra de  dois imóveis logísticos em Jundiaí/SP. A conclusão das duas transações foi considerada positiva para o gestão fo PATL11. 

Os ativos estão 100% locados para empresas de operação logística, ratificando os pilares da estratégia de diversificação do Fundo: imóveis com ótimas especificações técnicas, locados para bons inquilinos e em regiões resilientes com vocação logística. 

Estima-se que as transações impactem os dividendos do Fundo positivamente em até R$ 0,02 a partir de 2022. 

O fundo destacou que as aquisições foram realizadas a partir de recursos próprios do Fundo, por meio do capital alocado em renda fixa e desinvestimento das posições em cotas de FIIs. 

Agora, a prioridade da gestão é a locação da área disponível no imóvel de Ribeirão das Neves. Atualmente, existem duas negociações em andamento e o gestor espera concluir a locação da área vaga até o final do período da renda mínima garantida em fevereiro do ano que vem. 

O objetivo do FII Pátria Logística é a obtenção de renda e eventual ganho de capital através da seleção, aquisição e administração ativa de um portfólio de imóveis logísticos e industriais, construídos ou em construção.