Fundo imobiliário fecha com novo inquilino e atinge menor vacância em quase 3 anos; Veja qual

O fundo imobiliário RCRB11 firmou um novo contrato de locação com um inquilino e alcançou a sua menor vacância em cerca de 3 anos.

Fundo imobiliário fecha com novo inquilino e atinge menor vacância em quase 3 anos; Veja qual
VISC11 exerce direito de preferência e aumenta participação no Shopping Paralela. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário RCRB11 celebrou um novo contrato de locação de imóvel não residencial com a Mucah Publicidade.

O novo contrato fechado pelo fundo imobiliário se refere ao conjunto 22 do 2º andar do Edifício Bravo! Paulista Imóvel, em uma área de 193,85 m², o que corresponde a cerca de 3% da área BOMA do ativo.

A locação vai ser realizada no modelo plug-and-play, e já está com layout e mobiliário prontos. Com esse novo acordo, o imóvel em questão passou a ter uma ocupação de 67,5%.

Já a vacância física projetada do fundo imobiliário RCRB11 saiu de 8,8% e foi para 8,4%, o que representa o menor valor desde o 4º trimestre de 2022, quando era de 6,2%.

“A Mudah é uma empresa de criação e estratégias criativas para marcas com creators e ajudam a selecionar, contratar e criar conteúdo através deles”, destaca a gestão.

O prazo de vigência do novo contrato de locação vai ser de 5 anos, e esse prazo passou a vigorar em 1º de dezembro de 2023. O índice de reajuste é o IPCA/IBGE.

Detalhes da nova locação do fundo imobiliário RCRB11

O contrato de locação do FII RCRB11 também está prevendo carência de aluguel, durante o período de obra, cuja duração estimada é de até 3 meses.

Se o acordo for rescindido de forma antecipada, o inquilino vai precisar informar com antecedência mínima de 180 dias a sua pretensão de distrato. Além disso, terá que pagar de maneira correta os valores dos aluguéis e de outros encargos da locação relativos ao período.

Caso haja essa rescisão antecipada, o locatário também terá que realizar o ressarcimento da carência e dos descontos referentes ao período do acordo não cumprido.

A ocupação do Edifício Bravo! Paulista passou de 19% para 67,5% em cerca de 7 meses, principalmente depois de a gestão do FII aderir a uma estratégia do andar modelo e fazer a entrega de unidades plug-and-play.

A gestão diz que o fundo RCRB11 se encontra com outras negociações em andamento para outras unidades da carteira com as mesmas características.

Essa é a 18ª locação deste fundo imobiliário em 2023, das quais 12 foram feitas no Edifício Bravo! Paulista, depois da definição da estratégia do andar modelo. As locações do FII totalizam 6.926 m² apenas neste ano, com cerca de 2.839 m² somente no Bravo! Paulista.

foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias