Fundos imobiliários anunciam ‘dividendos gordos’; veja o resumo da semana 

Nesta semana, vários fundos imobiliários superaram seus patamares de dividendos dos últimos meses, como o TEPP11, VGIA11 e CPTS11.

Fundos imobiliários anunciam ‘dividendos gordos’; veja o resumo da semana 
Fundos imobiliários anunciam ‘dividendos gordos’; veja o resumo da semana  Foto: Pixabay

Nesta semana, vários fundos imobiliários anunciaram o pagamento de dividendos em patamares superiores aos dos últimos meses, casos de TEPP11, VGIA11 e CPTS11.

No caso do CPTS11, o FII anunciou um novo pagamento de dividendos, no valor de R$ 0,065 por cota, o que corresponde ao maior patamar em 4 meses. O pagamento será realizado no dia 18 de janeiro de 2024.

Os dividendos do CPTS11 representam um dividend yield (DY) mensal de 0,762%, considerando a cotação base de R$ 8,53. Nos últimos 12 meses, os rendimentos somam R$ 0,943 por cota, com um DY de 11,06% nesse período.

Da mesma forma, o Fiagro VGIA11 divulgou novos dividendos para janeiro, no valor de R$ 0,1242991 por cota. 

O valor dos dividendos do VGIA11 mostra uma alta de 24,3%, quando comparado ao rendimento distribuído no mês anterior, que foi de R$ 0,10 por cota. Além disso, é o maior patamar de proventos do fundo em 4 meses.

Considerando a cotação atual de R$ 9,05 e a distribuição acumulada no intervalo de 1 ano, que é de R$ 1,56 por cota, o dividend yield (DY) anual do fundo é de 17,24%, conforme dados do Status Invest.

Por sua vez, os proventos do TEPP11 referentes ao mês de dezembro, que serão de R$ 0,90 por cota, representam o maior rendimento do fundo imobiliário desde que ele foi criado. O pagamento vai acontecer em 15 de janeiro de 2024,

Esse valor corresponde a 116,93% do CDI líquido e um dividend yield de 12,35% ao ano. No ano de 2024, a perspectiva para pagamento de rendimentos do TEPP11 se mantém entre R$ 0,60 e R$ 0,68 por cota.

Outro FII que subiu seu patamar de dividendos, quando comparado aos últimos meses, foi o HGRE11. O fundo distribuiu 96,24% do resultado auferido no semestre na forma de rendimentos. O novo valor (R$1,20 por cota) é o maior em 6 meses, vai ser pago no dia 15 de janeiro de 2024.

MXRF11 anuncia encerramento de sua oferta 

Também nesta semana, o fundo imobiliário MXRF11 anunciou o encerramento de sua 9ª emissão de cotas, em que arrecadou um total de R$ 750 milhões, representando o valor máximo que sua oferta poderia atingir.

Segundo o FII MXRF11, foram subscritas e integralizadas mais de 75,37 milhões de novas cotas nesta oferta. O preço de cada cota foi de R$ 9,95, desconsiderando a taxa de distribuição primária, que corresponde a 3,42% do valor.

RZTR11 divulga nova oferta, com valor inicial de R$ 400 mi

Quanto a novas ofertas, o fundo imobiliário RZTR11 formalizou o início da sua 4ª emissão de cotas, com a pretensão de captar o valor de R$ 400 milhões. 

O valor inicial da oferta do fundo RZTR11 equivale a uma emissão de 4.014.050 milhões de novas cotas. Esse montante pode ser diminuído com uma eventual distribuição parcial, ou elevado em virtude de lote adicional.

A 4ª emissão do RZTR11 admitirá um lote adicional de até 25% do total de novas cotas, ou seja, até 1.003.512  de cotas adicionais, correspondente a cerca de R$ 99 milhões.

Leia mais: RZTR11 divulga nova oferta

HGRU11 vende imóvel locado à Pernambucanas

Em relação à venda de ativos, o HGRU11 anunciou a venda de imóvel locado à rede de lojas Pernambucanas na cidade de Campo Largo, interior do Paraná, pelo valor de R$ 5,6 milhões, o equivalente a R$ 4.613,80/m².

Segundo fato relevante divulgado pelo fundo imobiliário, o  pagamento será feito da seguinte forma: 

O fundo informou que o imóvel foi adquirido em novembro de 2020, e recebeu investimentos de R$ 3.137.492,67, incluindo aquisição e manutenção. Com isso, o negócio vai gerar um lucro em regime de caixa de R$ 2.462.507,33, o equivalente a R$ 0,13 por cota.

IFIX

Na última quinta-feira, 11 de janeiro, o Ifix (Índice de Fundos Imobiliários) encerrou em queda de 0,20%, aos 3.318,09 pontos.

foto do autor: Vinícius Alves
Vinícius Alves
Jornalista

Jornalista formado na Faculdade Cásper Líbero. Com passagens pela Agência Estado e Editora Globo.

últimas notícias