Em comunicado apresentado aos cotistas nesta terça-feira (30), a gestão do Hedge Brasil Shopping Fundo de Investimento Imobiliário (HGBS11) confirmou a assinatura da escritura de compra e venda para a aquisição de 23,06% do Shopping Praça da Moça, em Diadema (SP). 

A compra do imóvel custou R$ 88,3 milhões aos caixas do fundo. Diante disso, a Hedge Investments, gestora do fundo, confirmou que o imóvel foi pago e o HGBS11 tornou-se proprietário do referido Shopping Praça da Moça.

Além disso, “a operação apresenta um cap rate com base no Preço de 7,6%” informou o HGBS11, no mesmo comunicado. 

Com a compra do shopping em questão, “o Fundo atinge o volume de 88,7% de sua carteira investido em ativos alvo, com participação em 17 shopping centers”, sendo o Shopping Praça da Moça equivalente a “4,7% do patrimônio líquido do fundo”.

Desta forma, a equipe gestora do HGBS11 reforçou que o fundo cada vez mais consolida sua presença no estado de São Paulo, cuja importância econômica dispensa comentários. 

No entanto, os cotistas não terão ganhos diretos com aumento de dividendos referentes à nova aquisição.

A Hedge Investments afirmou que o HGBS11 já possuía participação de forma indireta no Shopping Praça da Moça. Por isso, “não há expectativa de mudança significativa no resultado do Fundo em função da transação”.  

Conheça o HGBS11

O Hedge Brasil Shopping FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seu foco está na  aquisição e exploração comercial em shopping construídos e localizados em regiões com área de influência de, no mínimo, 500 mil habitantes.

O HGBS11 possui patrimônio líquido de R$2,2 bilhões e tem aproximadamente 10.000.000 de cotas emitidas. O valor dos dividendos distribuídos em fevereiro foi de R$0,80 por cota. 

Para quem deseja investir no HGBS11, o preço atual da sua cota é de R$200,00 (atualizado 30/03), sendo sua taxa de administração de 0.60%a.a. sobre valor de mercado do fundo.