A Credit Suisse, gestora do CSHG Real Estate (HGRE11), comunicou nesta segunda-feira (24) aos seus investidores por meio de fato relevante, a venda de imóvel do portfólio do fundo, localizado na cidade de São Paulo. 

Desta forma, a gestora informou que o HGRE11 assinoua Escritura de Compra e Venda para venda dos conjuntos 131 e 132 do Edifício Park Tower. A área total locável do Imóvel é de 732,24 m² e o preço total de venda é de R$ 8.786.880,00, equivalente a R$ 12.000,00/m². O valor já foi totalmente recebido pelo fundo.

Também, a Credit Suisse disse que o imóvel encontrava-se 50% vago e, no fechamento de abril de 2021, representava 0,36% da área locável do Fundo. 

O preço é 3,38% superior ao valor contábil do imóvel com base no laudo de avaliação contabilizado em dezembro de 2020, no total de R$ 8.500.000,00, e 21,77% inferior ao valor de aquisição do Imóvel. Desta forma, a venda gerou um prejuízo de R$ 2.445.516,10, o equivalente a aproximadamente R$ 0,21 por cota. 

Nessa data, o HGRE11 transferiu a posse definitiva do imóvel à compradora e, consequentemente, os direitos relativos à receita de locação, no valor mensal contratado de R$ 24.896,16. 

Assim sendo, o recurso da venda “integrará a base de cálculo da distribuição dos rendimentos do Fundo no respectivo semestre”, reforçou a gestora. 

Por fim, a equipe de gestão deixou claro que o HGRE11 é um fundo de gestão ativa, com foco em imóveis corporativos, e tal “desinvestimento está em linha com a estratégia de desinvestimento dos imóveis classificados como Lajes Individuais nos relatórios gerenciais do fundo”.

Conheça o HGRE11

O CSHG Real Estate é um fundo imobiliário do tipo tijolo com foco no mercado de escritórios comerciais. 

O fundo em questão possui patrimônio líquido de R$1,99 bilhão e tem atualmente 109.764 cotistas. 

Para quem deseja investir no HGRE11, o valor patrimonial de sua cota é de R$169,21, sendo sua taxa de administração de 1,0%a.a. sobre patrimônio líquido.