A Credit Suisse, gestora do CSHG Renda Urbana FII (HGRU11), comunicou nesta quarta-feira (12) aos seus investidores, os resultados referentes ao mês de dezembro de 2021. Também, a gestão aproveitou para descrever suas novas aquisições e investimentos. 

Em relação a dezembro, o fundo teve um resultado de R$ 14,3 milhões, equivalente a R$0,76 por cota. A gestora disse que o resultado foi impactado pelos novos alugueis dos imóveis da marca DMA e Atacadão no valor de R$ 1,4 milhões (R$ 0,08 por cota). Confira:

HGRU11 fiis

Desta forma, o dividendo acima será o novo patamar de rendimentos para o HGRU11 no neste semestre, que inclui os efeitos da nova aquisição e das correções de aluguéis ocorridas e previstas. 

Aquisição de lojas do varejo

Conforme fato relevante divulgado em fato relevante, o HGRU11 firmou confirmou a aquisição 9 ativos imobiliários destinados ao varejo, confira abaixo:

  1. Mineirão Foz do Iguaçu
  2. Mineirão Contagem 
  3. Mineirão Uberlândia
  4. Atacadão Cambé 
  5. Mineirão Natal 
  6. Mineirão João Pessoa 
  7. Mineirão Juiz de Fora 
  8. Mineirão Foz do Iguaçu
  9. Atacadão São Carlos 

O fundo se comprometeu a adquirir, na verdade, 11 imóveis (entre eles, os citados acima) pelo preço total de aquisição de R$ 222.874.099,14. Outros dois imóveis - um em Belo Horizonte e outro da Serra-ES - entrarão na negociação.

Deste modo, o fechamento divulgado em dezembro referiu-se à primeira fase da compra, que engloba a aquisição dos 9 imóveis citados acima, que totalizam o valor de R$ 180.403.611,93 pagos da seguinte forma: 

  • Valor de entrada: o valor de R$ 14.540.850,66 pagos em 10 de maio de 2021; 
  • Depósito de Boa Fé: o valor de R$ 72.005.778,11 pagos em 10 dezembro de 2021; 
  • Parcela à Vista: R$ 32.079.923,43 pagos com valor da operação de securitização. 

Como foi a operação de securitização?

A gestora disse que houve a emissão da operação de securitização, de aproximadamente R$ 110.000.000,00, com volume bruto integralizado até o momento de R$ 32.684.287,00 e taxa de integralização de 6,25% ao ano com prazo de 10 anos. 

Além disso, o fundo pagará uma taxa de juros de 6,50% ao ano, atualização monetária pelo IPCA, amortização mensal a partir do 13º mês e juros mensais desde o início.

Da mesma forma, caso o valor da Operação de Securitização seja maior que o pagamento desta parcela, parte do Depósito de Boa Fé deverá ser devolvido ao HGRU11 pelo vendedor. 

Ou seja, para pagar os ativos, o fundo emitiu um CRI, que será pago por meio do fluxo de aluguéis dos seus ativos. Repare abaixo que o fundo segue sem vacância:

HGRU11

Novos investimentos do HGRU11: CRI e FII

Desta forma, a gestora lembrou que o foco do fundo está nas aquisições de imóveis, mas o  time de gestão também adquire ativos mobiliários para utilizar melhor o caixa nos períodos entre as prospecções e aquisições de ativos. 

Por isso, o HGRU11 investiu R$ 97 milhões em aquisições de FIIs e considerando o dividend yield médio desses fundos nos últimos 12 meses, o fundo chegou em uma rentabilidade anual de 7,7%. 

Ainda no ano, foi vendido aproximadamente R$ 84 milhões em FIIs que gerou um lucro de aproximadamente R$ 6 milhões no ano ao fundo. 

De forma geral, tanto a aquisição quanto a venda foram feitas no SPVJ11, posição estratégica do HGRU11 neste fundo de varejo. 

Em relação a CRIs, o Fundo investiu R$ 36 milhões, sendo suas taxas médias de: IPCA + 6,5% e CDI + 4,5%. 

Conheça o HGRU11

O CSHG Renda Urbana FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo com objetivo de explorar empreendimentos imobiliários urbanos de uso institucional e comercial.

Desta forma, o fundo possui R$ 2,2 bilhões de patrimônio líquido médio dos últimos 12 meses e tem aproximadamente 18.406.458 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no HGRU11, o valor patrimonial de sua cota é de R$118,24, sendo sua taxa de administração de 0,75% até 0.95%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo.