A Credit Suisse, gestora doCSHG Renda Urbana FII (HGRU11), comunicou nesta terça-feira (10) aos seus investidores, os resultados referentes ao mês de julho. Também, a gestão aproveitou para aumentar o patamar de distribuição de rendimentos aos cotistas. 

Referente a julho, o fundo apresentou uma receita total de R$ 14,6 milhões, o que levou a um resultado de R$ 12,5 milhões, o equivalente a R$ 0,68 por cota. A gestão pontuou que o resultado não teve nenhum impacto extraordinário relevante. Observe o resultado abaixo:

HGRU11

Como é de praxe, a Credit Suisse trabalhou nas projeções de receitas e despesas do HGRU11 “a fim de decidir o rendimento a ser distribuído ao longo do semestre, de forma linear”, disse a gestora. 

Desta forma, dada a situação dos ativos do fundo juntamente com os reajustes dos aluguéis, o time de gestão resolveu distribuir R$ 0,72 por cota, aumentando o patamar deste segundo semestre. Até então, era distribuído mais ou menos R$ 0,68 por cota. Trata-se de um aumento de 5,8%.

Ausência de vacância e acompanhamento dos imóveis

A gestão destacou que durante o mês de julho não houve alteração na ocupação do fundo, que permanece sem vacância. Como não há espaços a serem alugados, a gestora se dedica “à manutenção do relacionamento com os locatários e na discussão de eventuais pleitos cotidianos na administração dos imóveis da carteira”. 

Observe abaixo a evolução da vacância do fundo e do aluguel médio mensal:

HGRU11

Há sempre alguma demanda por parte dos locatários, seja em relação aos reajustes dos aluguéis ou questões do cotidiano em relação ao uso dos imóveis. A Credit Suisse afirma que “tem avaliado os pedidos caso a caso, levando em consideração principalmente qual o regime do contrato (típico ou atípico) e se o valor de locação ajustado está em linha com o mercado”. 

Conheça o HGRU11

O CSHG Renda Urbana FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo com objetivo de explorar empreendimentos imobiliários urbanos de uso institucional e comercial.

Desta forma, o fundo prioriza a aquisição de imóveis para o setor educacional ou comercial, desde que não sejam lajes corporativas, shopping centers ou da área de logística.

O CSHG Renda Urbana possui R$ 1.959 bilhão de patrimônio líquido médio dos últimos 12 meses e tem aproximadamente 18.406.458 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no HGRU11, o valor patrimonial de sua cota é de R$117,55, sendo sua taxa de administração de 0,75% até 0.95%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).