O Fundo de Investimento Imobiliário Kinea II Real Estate Equity (KNRE11), administrado por Intrag DTVM e gerido por Kinea Investimentos, divulgou nesta quarta-feira (6) o seu relatório do mês de setembro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

Segundo o relatório do KNRE11, o fundo está na fase de desinvestimento. Sendo assim, as distribuições que se fizeram são compostas por rendimentos e devolução de capital. Esses rendimentos não podem ser levados em conta para cálculo de yield. Do mesmo modo, também não são considerados para se definir preço de compra das cotas no mercado secundário.

O fundo se iniciou em agosto de 2012 e possui uma taxa de administração de 0,04% ao ano. Assim, a taxa de performance está em 20% do que exceder o IPCA + 6% ao ano. O vencimento do fundo se dará em agosto de 2021 e possui hoje quase 18,55 milhões de cotas emitidas.

Portfólio do Kinea II Real Estate Equity

O KNRE11 comercializou 24 salas no Cidade Viva Offices, assim como 1 unidade no La Provence e 2 unidades no Cidade Viva Residencial. Atualmente, se tem 98% das unidades vendidas. Do mesmo modo, se tem 100% de suas obras concluídas. Acompanhe detalhes da posição de estoque do fundo através da tabela a seguir:

KNRE11 atualiza sua fase de desinvestimento para setembro de 2021

No mês de agosto se teve a comercialização de 575 unidades na cidade de São Paulo. Se teve assim um número 25% maior que as vendas de julho de 2021. No mesmo período, se teve uma redução de 63% em relação a agosto de 2020.

O fundo diz que mesmo com essa boa performance no mercado da capital paulista, se viu que há “sinais de arrefecimento que se mostram mais acentuados fora da capital”. Assim, para diminuir os efeitos que potencialmente podem surgir de um novo ciclo econômico e político sobre a carteira do KNRE11, o fundo toma medidas mais agressivas para comercializar o estoque restante de projetos.

Nesse sentido, o intuito dessas medidas do Kinea II Real Estate Equity é acelerar o processo de desinvestimento. No mês de setembro, também ocorreu a assinatura de uma escritura de venda de terreno da fase não lançada do Cidade Viva. A venda em questão aconteceu para pagamento a prazo no mês de outubro, feito com uma empresa de capital aberto e com uma boa estrutura financeira.

Resultado e rendimento do KNRE11

O patrimônio líquido do KNRE11 atingiu a marca de quase R$ 36,3 milhões, de modo que o valor patrimonial da cota é de R$ 1,96. Ainda detalhando esses rendimentos, a distribuição de capital principal em julho foi de R$ 6,446 milhões, ou seja, R$ 0,35 por cota, além de R$ 0,03 por cota em dividendos, que foi a última distribuição de resultados do fundo.

O KNRE11 diz que a expectativa do fundo é que a rentabilidade continue em 4% ao ano e um múltiplo de 1,19 vezes. Essa análise do Kinea II Real Estate Equity diz que esse número está “em linha com os efeitos do cenário de maior instabilidade econômica esperara para o país e seus efeitos acima descritos”.